Oficina no Sindicato Rural visa tirar dúvidas sobre Edital do Conexão Mata Atlântica.



Proprietários e produtores rurais que tiverem interesse em se aprofundar  e tirar dúvidas sobre o Edital do projeto Conexão Mata Atlântica terão a oportunidade de participar de uma oficina na sede do Sindicato Rural, centro de Bananal, nesta terça-feira, a partir das 14 horas.

O tema será "Cadeia de Valor Sustentável" e terá a participação dos representantes do Conselho Consultivo Local. A oficina também é aberta ao público em geral.

O Conexão Mata Atlântica é um projeto voltado para a recuperação e a preservação da vegetação nativa em zonas prioritárias do Corredor Sudeste da Mata Atlântica brasileira.

O manejo e uso do solo adequados, feito por meio de boas práticas agropecuárias, resultam em Pagamento por Serviços Ambientais.

O processo de produção mais adequado ambiental e socialmente pode levar o produtor a ter seus produtos Certificados, alcançando preços de venda diferenciados. Além disso, o projeto apoia cadeias de produtos e serviços que usem e favoreçam espécies nativas da Mata Atlântica, inserindo o produtor e sua produção em uma Cadeia de Valor Sustentável.

Os Editais que englobam Bananal

Em 2018, foram abertos quatro editais para Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) na modalidade Uso Múltiplo e Proteção, Certificação e fomento à Cadeia de Valor Sustentável.

Três desses editais (001/2018, 002/2018 e 006/2018) englobaram, respectivamente, partes de áreas de Bananal e a Estação Ecológica Bananal (EEB) como Zona de Amortecimento. As ferramentas visam ao aumento da produtividade de forma sustentável e beneficiam diretamente a renda do produtor, sendo um estímulo financeiro para a conservação do meio ambiente.

Os produtores puderam ter acesso a essas três ferramentas, Pagamento por Serviços Ambientais, Certificação, Cadeia de Valor Sustentável, simultaneamente. A ferramenta de Certificação propiciará o pagamento da certificadora e a Cadeia de Valor Sustentável a aquisição de bens e serviços e acesso ao mercado. O projeto prevê ainda assistência técnica às propriedades.


Entenda o Conexão Mata Atlântica

O Projeto “Recuperação de Serviços de Clima e Biodiversidade no Corredor Sudeste da Mata Atlântica Brasileira” – Conexão Mata Atlântica tem o objetivo de aumentar a proteção da biodiversidade e da água e combater mudanças climáticas. Para isso, promove atividades de conservação da vegetação nativa, adoção de sistemas mais produtivos e melhoramento da gestão de unidades de conservação.
Financiado com recursos do Global Environment Facility – GEF (Convênio de Financiamento Não-Reembolsável nº GRT/FM-14550-BR), por meio do Banco Interamericano do Desenvolvimento – BID, tem como órgão executor dos recursos a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos – Finatec.
Os órgãos responsáveis pelas ações previstas são o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), além de órgãos ambientais e de pesquisa dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
No Estado de São Paulo, o responsável pela execução do Projeto é o Sistema Ambiental Paulista, por meio da Fundação Florestal e da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Suas ações estão orientadas por componentes, de acordo com objetivos específicos, e os chamamentos para participação da sociedade são feitos por meio de editais.
Todas as atividades de pagamentos por serviços ambientais e certificação envolvidas no projeto dependem fortemente da participação das comunidades locais, cujas necessidades e preferências orientam a escolha de serviços, modalidades dos pagamentos e sistemas de certificação.
O prazo de execução do projeto é janeiro de 2021.

*Da Redação, com informações de Luciana Reis - Projeto Conexão Mata Atlântica e Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente.

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.