Obras na SP-64 ficam mais visiveis para os usuários.

    No transcorrer desta terceira semana de fevereiro os trabalhos executados na recuperação da rodovia Álvaro Brasil Filho (SP-64) são mais notados por seus usuários.
    As equipes de trabalho entraram numa fase mais perceptível, uma vez que os trabalhos desenvolvidos no final de janeiro praticamente se restringiram a análises do solo, demarcações na pista, concentração de material e ajustes em trechos de acostamento.
    Desde o dia 14, as equipes já retiraram a capa asfáltica do inicio da rodovia, no trevo com a SP-68, e de outros trechos mais críticos. 
   Um ponto positivo vem sendo o recuo de barrancos em trechos sujeitos a deslizamentos, melhorando inclusive a visibilidade nas curvas mais perigosas da estrada.  
   Durante a execução dos trabalhos os motoristas devem redobrar a atenção nos trechos em meia pista.
   Também merecem cuidado os pontos de ondulação que ficam na faixa de rolamento após os serviços e a saída dos trabalhadores que controlam o tráfego nos finais de tarde. Por segurança, recomenda-se velocidade moderada em todo o percurso, evitando surpresas e acidentes.
   Embora auspicioso e muito bem vindo, o recapeamento da SP-64 sofreu atrasos, considerando-se todo o processo burocrático que resultou na obra.
    Na próxima semana o blog trará um cronograma das ações e pedidos que resultaram na inserção da SP-64 no pacote de obras que recupera, simultaneamente, outras seis rodovias do Vale do Paraiba.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.