TCE manda prefeitura refazer licitação.

Após suspender em dezembro o processo licitatório nº 003/2011 em exame prévio para apurar direcionamento na habilitação de empresas para administrar e gerenciar o Cartão Alimentação dos servidores municipais, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) constatou a irregularidade e determinou à administração David Morais a reabertura dos prazos para a apresentação das propostas.

  A decisão foi proferida em 16 de janeiro, acatando protesto da reclamante Marília Barbosa contra a exigência de os participantes apresentarem relação de rede de credenciados e indicação expressa de quatro estabelecimentos comerciais de Bananal como obrigatórios. A imposição restringe o número de participantes e cria uma reserva de mercado para empresas estabelecidas no município, pois somente elas possuiriam rede prévia credenciada na data da licitação.

  Instado a prestar esclarecimentos, David Morais alegou que o dispositivo tinha o intuito de especificar e dar segurança à contratação.  Tentou mostrar que alguns tribunais aceitam a fixação de número mínimo de participantes e sustentou que a exigência não limita a participação porque diversas empresas poderiam atendê-la.

  O Tribunal paulista entendeu que os exemplos citados pelo prefeito não se aplicam ao caso e relacionou entendimentos do próprio órgão no sentido de que a exigência só pode ser feita após a definição do vencedor da licitação.

  “Aqui, a situação encontra-se agravada pela obrigação de nela constar cinco empreendimentos comerciais específicos, indicados pela administração, revelando, de fato, direcionamento a empresa(s) que já opera(m) no Município e resultando, de fato, em prejuízo à competitividade”, diz a sentença.

  Por esses motivos o Tribunal de Contas julgou procedente a representação e determinou à Prefeitura de Bananal a retificação do edital e a reabertura de prazo para a apresentação das propostas, obedecendo o estipulado pela Lei Federal nº 8.666 (Lei das Licitações).
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.