Bananal registra 3° caso confirmado de Covid-19


Dos 21 casos que figuravam como suspeitos até ontem, um foi confirmado e dois descartados no boletim epidemiológico do município

Da Redação, com informações de Jonas Valente e Elaine Patricia Cruz, da Agência Brasil 

Após dias de um quadro epidemiológico estável, Bananal registra nesta segunda-feira, 04 de maio, o 3° caso confirmado de Covid-19 em seu território. Trata-se de uma pessoa monitorada entre os casos suspeitos divulgados nos boletins anteriores e que já se encontrava em isolamento domiciliar.

A exemplo do primeiro caso confirmado em Bananal, trata-se também de um caso classificado como importado, ou seja, a contaminação ocorreu fora do município.

Por consequência, houve alteração também nos outros dois indicadores não zerados. O número de suspeitos em isolamento domiciliar, que ontem eram 21, caiu para 18, já que um foi confirmado e outros dois foram descartados, alterando esse último indicador de 29 ontem para 31 hoje.

Pelo fato do novo caso já se encontrar sob monitoramento da vigilância epidemiológica, isolado em sua residência, a expectativa é se repetir o que ocorreu com os dois primeiros casos confirmados em Bananal, quando se evitou o contágio para outras pessoas.

RM Vale

O número de casos de contaminação pelo novo coronavírus na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RM Vale) subiu 1.148% entre 1º de abril e 1º de maio, segundo levantamento do jornal O Vale. Eram 47 casos confirmados no início do mês passado contra 587 agora. A região contabiliza 33 mortes. 

Os dados levantados, levam em consideração os números divulgados pelas secretarias municipais dos 39 municípios da região. Sendo assim, nele estão incluídos os indicadores de Bananal, ao contrário dos números oficiais do estado que ainda não inseriram essas notificações locais.

Nesta segunda, São José do Barreiro, que já descartou 3 suspeitas de infecção, anunciou o surgimento de um novo caso suspeito.

São José dos Campos puxa a lista de municípios com mais casos na RM Vale com 239. Em seguida vêm São Sebastião (com 99), Jacareí (46) e Taubaté (37).

São Paulo


A média de mortes confirmadas por coronavírus a cada dia, em todo o estado de São Paulo, cresceu 280% no último mês, informou nesta segunda-feira (4) a Secretaria Estadual da Saúde. Desde o início da pandemia até hoje, o estado registrou 2.654 óbitos, com média de 118 por dia na última semana. No começo de abril, a média era de 31 mortes por dia, mas, desde o dia 27, ocorreram 829 novos óbitos.
Entre os mortos, 1.556 pacientes eram homens e 1.098, mulheres. A maioria dos óbitos concentra-se em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 73,6% do total registrado. Já fatores de risco -- como cardiopatia, diabetes e doença renal, entre outros -- foram observados em 2.152 pessoas que faleceram por coronavírus, o que corresponde a 81,1% do total. 
O total de casos confirmados de coronavírus no estado atingiu hoje 32.187 pessoas. Só na última semana houve 10.491 novas confirmações, o que corresponde a quase 1.498 novos casos por dia. No dia 4 de abril, eram 4.048 casos, com média de 403 por dia.
Entre os infectados pelo coronavírus, 12.114 residem no interior, litoral e Grande São Paulo, regiões onde foram registrados 971 óbitos (36,5% do total de casos confirmados do estado). Das 645 cidades do estado, 153 registraram pelo menos um óbito por covid-19 [a doença provocada pelo coronavírus] e em 334 municípios já foram confirmados casos.  
Em todo o estado, há 9 mil pacientes internados, dos quais 3.531 em unidades de terapia intensiva (UTI) e 5.534 em enfermarias.
A taxa de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) é de 67,9% no estado e de 88,8% na Grande São Paulo.
Brasil
O Brasil chegou a 105.222 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus (covid-19) nesta segunda-feira (4). Nas últimas 24 horas foram adicionadas às estatísticas mais 4.075 casos, aumento de 4% em relação a ontem, quando foram registradas 101.147 mil pessoas nessa condição. Foi o terceiro dia consecutivo de estatísticas de queda de novos casos em 24 horas, após o recorde de 7.218, registrado na quinta-feira.
Conforme o balanço desta segunda-feira, o número de pessoas recuperadas da doença chegou a 45.815, o equivalente a 43,5% do total de casos. Estão em acompanhamento 52.119 (49,5%) dos pacientes confirmados e 1.360 mortes continuam em investigação.
Segundo atualização do Ministério da Saúde, o total de mortes subiu para 7.288. Com 263 novos óbitos, a marca representou um aumento de 4% em relação a ontem. No domingo foram contabilizados 7.025 falecimentos e com a inclusão de 275 óbitos.  A letalidade permaneceu em 6,9%, a mesma de ontem.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.