Hospital referência para Bananal ganha novos respiradores e abrirá 5 novos leitos de UTI para atender Vale Histórico


Equipamentos estão sendo enviados a 17 municípios do estado para ampliação dos leitos de UTI e fortalecimento da rede a pacientes com coronavírus

Por Ricardo Nogueira, com informações do Governo de SP


O Governo de São Paulo distribuiu, nesta terça-feira (16), mais 104 respiradores para hospitais localizados em 17 cidades de diversas regiões do Estado. Os novos equipamentos permitirão a ampliação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) para garantir atendimento a pacientes contaminados pelo coronavírus que estão em estado grave.

O Vale do Paraíba poderá criar mais 31 novos leitos de UTI com os equipamentos encaminhados à região. Serão 10 unidades para Santa Casa de Lorena, cinco para a Santa Casa de Cruzeiro e mais quatro para a Santa Casa de São José dos Campos. Taubaté receberá 12 equipamentos, sendo 10 destinados ao Hospital Municipal Universitário e outros dois para o hospital de campanha.

Cruzeiro é a primeira referência em saúde para Bananal e Vale Histórico (incluindo Cachoeira Paulista). No início da crise, o Hospital Santa Casa contava com 10 leitos UTIs. Conseguiu dobrar a capacidade no mês passado, conforme noticiado pela Gazeta, e agora recebe mais 5 respiradores para ampliar o atendimento. Os outros municípios contemplados na RM Vale seguem a sequência da referência para Bananal quando Cruzeiro está com a capacidade comprometida.

O estado destinou também 30 novos respiradores à região administrativa de Campinas. O Hospital Municipal Walter Ferrari, de Jaguariúna, receberá dois ventiladores e a prefeitura de Itupeva contará com três unidades. Outros cinco serão encaminhados para a Santa Casa de Valinhos e dez para a Prefeitura de Campinas.

O município de São João da Boa Vista será contemplado com cinco respiradores para a Santa Casa e a prefeitura de Mogi Guaçu terá outros cinco para o Hospital Municipal Dr. Tabajara Ramos. Além disso, a Santa Casa de Piracicaba contará com mais cinco equipamentos.

Litoral

Para manter o processo de fortalecimento da rede hospitalar no litoral do estado, o Governo de São Paulo envia hoje 14 novos ventiladores pulmonares para a Baixada Santista, sendo sete para a Prefeitura de Cubatão e outros sete para o Guarujá, para uso no Hospital Santo Amaro.

Grande São Paulo

A Região Metropolitana de São Paulo passa a contar com mais 14 respiradores do lote de equipamentos distribuídos nesta terça-feira. Para Guarulhos serão destinados nove equipamentos para instalação no Hospital Padre Bento, administrado pelo Estado. Além disso, mais cinco unidades serão destinadas à prefeitura de Itapecerica da Serra.

Ampliação de leitos

O Governador João Doria anunciou na coletiva do dia 15 que o Governo de São Paulo já recebeu, desde o início da pandemia do coronavírus, um total de 2.360 respiradores para ampliar o atendimento às pessoas contaminadas. Ele destacou a importância dos equipamentos para o atendimento aos pacientes contaminados pelo coronavírus.

“Tínhamos, antes da pandemia, 3.500 e agora temos 7.610 leitos de UTI. É um número recorde de unidades de terapia intensiva. Isso faz muita diferença no sistema de proteção preventiva e tratamento para a saúde dos brasileiros de São Paulo”, destacou Doria.

A distribuição dos respiradores é técnica e feita para locais com maior demanda de internações por COVID-19 e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde. Com a chegada de mais respiradores, a rede segue em franca ampliação.

“E o fundamental é dizer que o trabalho que era realizado em até 60 dias, agora é realizado em três dias, por essa equipe que faz a calibragem e distribui rapidamente, transformando respiradores em novos leitos de UTI em todo o estado de São Paulo”, complementou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.