Casos descartados em Bananal sobem para 235. Confirmados acumulam 69.


Em contraponto à tendência de alta dos casos confirmados, índice de suspeitos repete tendência de queda iniciada ontem

Por Ricardo Nogueira, com informações da Agência Brasil 

Pelo 2º dia consecutivo, Bananal incluiu mais 7 pessoas com diagnóstico positivado para coronavírus no boletim epidemiológico desta terça-feira, 28 de julho. Ontem(27), também foram registrados 7 novos casos confirmados, depois do número acumulado ficar estagnado em 55 infectados entre os dias 24 (sexta) e 26 (domingo).

A inclusão de 14 casos nas últimas 48 horas, fazem o acumulado totalizar 69 desde o início da pandemia. Destes, 49 estão ativos. Dois estão internados em clínica médica (um homem em Cruzeiro e uma mulher em Taubaté) e os demais se recuperam isolados em casa. Hoje mais uma pessoa infectada recebeu alta e agora são 19 recuperados da doença em Bananal. Completando o indicador acumulado de confirmados, figura o óbito de um idoso no dia 17 de julho.

Tomando por base as duas semanas anteriores, a alta de contaminados pelo novo coronavírus em Bananal foi de 263%, saltando de 19 no dia 14 para os 69 de hoje. No mesmo período o índice de recuperados cresceu 137,5%, pulando de 8 para 19.


Em contraponto à tendência de alta dos casos confirmados, o indicador de casos suspeitos (barras azuis no gráfico acima) caiu pelo 2º dia consecutivo. Com 143 pessoas suspeitas de infecção, o número é o menor dos últimos 12 dias, ficando acima dos 141 casos registrados no dia 16 de julho.

Após ficarem estagnados em 186 casos entre os dias 24 e 26, os descartados da suspeita de contaminação (linha laranja do gráfico) subiram para 226 ontem e foram para 235 hoje.

São Paulo e Brasil

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo informou que teve "dificuldade para exportar a base de dados a tempo de atualizar o painel nacional". As informações serão agregadas amanhã(29). Já a Secretaria de Saúde do Pará fez uma revisão dos dados, reduzindo o total de mortes do estado.

A atualização diária do Ministério da Saúde mostra que já ocorreram no Brasil 88.539 mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registrados 921 óbitos.

Ainda de acordo com a pasta, foram acrescidos às estatísticas 40.816 novos caso nas últimas 24 horas. Com isso, o total de casos acumulados chegou a 2.483.191. O número representa elevação de 1,6% em comparação com ontem, quando o painel marcava 2.442.375 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Segundo o boletim, há 673.092 pacientes em acompanhamento. Até o momento, 1.721.560 pessoas já se recuperaram da covid-19. Há também 3.842 óbitos em investigação. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,6%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 32,1. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1181,6.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus são: São Paulo (21.676), Rio de Janeiro (13.033), Ceará (7.613), Pernambuco (6.421) e Pará (5.716). As Unidades da Federação com menos óbitos causados pela pandemia são: Mato Grosso do Sul (328), Tocantins (357), Roraima (479), Acre (500) e Amapá (558).



Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.