Prefeitura de Bananal está com o nome no SERASA.

  Dentre a avalanche de problemas financeiros deixados pela gestão David Morais existe uma ocorrência inusitada.

  A Prefeitura de Bananal, enquanto pessoa jurídica, está com o nome no SERASA, o maior órgão consultivo do país que fornece informações para a análise de crédito. Na prática, significa que Bananal não obterá linhas de crédito junto a bancos e instituições financeiras e também encontrará dificuldades em outras operações bancárias enquanto as pendências não forem solucionadas.

  Na base de dados da empresa existem três pendências enquadradas como "pesada - nivel II" e uma considerada "leve".

  O detalhamento dos dados permitiu saber que as de maior severidade foram motivadas por protestos no cartório da cidade. Dois deles contraídos em 2009 e um em 2012, totalizando R$ 22.151,00.

  O primeiro protesto data de 03 de setembro de 2009, primeiro ano da administração anterior, no valor de R$ 7.771,00. Dois meses depois, em 06 de novembro, outro protesto de R$ 12.000,00.

  No ano passado, o terceiro protesto contra a Prefeitura foi inserido no cartório local em 26 de novembro, no valor de R$ 2.380,00.

  Já a ocorrência "leve" (operações com valor até R$ 500,00) apontada pela SERASA foi inserida no sistema com a data de 22 de agosto de 2011.

  O blog reproduz abaixo as restrições obtidas pela auditoria interna instalada para averiguar a verdadeira situação financeira e administrativa da Prefeitura de Bananal.

    
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.