Teatro da Paixão e Morte de Jesus foi o destaque da Semana Santa em Bananal.

 

  A celebração da Semana Santa em Bananal teve como ponto de destaque a encenação teatral da Paixão e Morte de Jesus Cristo.

  O teatro, a cargo do Setor Juventude da Paróquia do Senhor Bom Jesus do Livramento, impressionou o público pela brilhante atuação dos atores - todos de origem bananalense - e a qualidade de produção em quesitos como figurino, iluminação e sonorização.

  A emoção (e devoção) dos atores em cena causou impacto e comoção nos fiéis que assistiram ao teatro encenado na praça Monsenhor Cid França Santos, à frente da Igreja Matriz de Bananal.

  A própria Igreja serviu de fundo e cenário para algumas passagens, cabendo destacar o ótimo trabalho com holofotes no momento crucial da peça, projetando a sombra do Cristo crucificado nas paredes frontais da Igreja.

  O êxito alcançado é fruto de muita organização, dedicação e trabalho em equipe. Nada menos do que 57 pessoas estiveram envolvidas na produção. Muitas delas com mais de uma função, seja no elenco, seja na direção e apoio técnico (veja a relação completa no final da matéria).
 
  Em cena estiveram 33 atores dentre protagonistas, apóstolos, sacerdotes, soldados e outros personagens bíblicos. O papel de Jesus foi interpretado por Samuel Guimarães e o da Virgem Maria por Elisa Valiante.

  O período de preparo para o teatro foi de dois meses. O de ensaios durou trinta dias, mobilizando a equipe em testes noturnos que iam das dez horas à meia noite, quase varando a madrugada do dia seguinte.

  "Não tivemos dificuldades graves com o teatro porém a disponibilidade de todos os participantes teve que ser ajustada para a realização do mesmo", relata Manuela Franco, que ajudou na maquiagem e também na confecção do figurino. "Os bastidores foram excelentes, pois a equipe formada contribuiu para que tudo desse certo e os atores entraram no clima das personagens com muita facilidade, o que nos ajudou muito", ressalta ela. Manuela é esposa do Diretor Geral da produção, João Paulo Goss Silva. Ele teve ao seu lado o Vice Diretor Félix Carvalho e os Diretores de Elenco Eric Castro e Henrique Ribeiro.
 
  Manuela Franco também destacou a retomada de uma antiga prática do teatro da Semana Santa em Bananal e o apoio recebido. "Neste ano conseguimos resgatar a tradição do teatro ser realizado na frente da Igreja Matriz, integrando-o litúrgicamente com a procissão do Senhor Morto. Ressaltamos também o apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Cultura no desempenho pessoal da prefeita, secretária e funcionários que se dedicaram para a realização do evento".

  O apoio do titular da paróquia foi igualmente destacado por ela. "Tivemos também o incentivo do nosso Pároco, Monsenhor Severino Cícero, que em preparação à jornada da juventude incentivou os jovens e deu ao Setor Juventude da Paróquia crédito e confiança na realização do trabalho".

  Aos inevitáveis elogios pela beleza da encenação, Manuela relatou o retorno do público: "A comunidade após o evento veio nos parabenizar dizendo-nos que há muito tempo não tinha visto uma encenação tão emocionante como a deste ano, que representou com excelência e simplicidade a Paixão e Morte de Jesus Cristo".   


Teatro da Semana Santa de Bananal – 2013
Paixão e Morte de Jesus Cristo

Elenco                                                                                                                                                         

Jesus
SAMUEL GUIMARÃES

Maria
ELISA VALIANTE

Maria Madalena
ROSELY SCHMIDT

Verônica
MONIQUE FORTES

Cirineu
JESSÉ BARUTI

Apóstolos
FERNANDO CASTRO
LEONARDO SILVÉRIO
VITOR STUART
KAIQUE SANTIAGO
CÉSAR AUGUSTO S. DE OLIVEIRA
PEDRO LUIZ G. DE ANDRADE
DIEGO XAVIER
LUIZ GONZAGA DA S. ANTUNES
JESSÉ BARUTI
CLEITON JOÃO DA ROCHA
RODOLFO RAMOS
JÚLIO SARDINHA

Sumo Sacerdotes:

Anás
FABRÍCIO G. DO AMARAL

Caifás
RODRIGO LEITE

Gamaliel
PEDRO LUIZ G. DE ANDRADE

Soldados dos Sumos Sacerdotes
RAFAEL EDUARDO DA CUNHA
WAGNER LUIZ M. CANDIDO
KAIO SANTIAGO

Pilatos
ERIC CASTRO

Cláudia
JÉSSICA GONÇALVES

Servas
LÍVIA ABREU
LAVÍNIA ABREU

Soldados de Pilatos
CLAUDINEI DE SOUZA
FELIPE CASTRO
LUCAS GUIMARÃES

Barrabás
VICTOR STUART

Diabo
HENRIQUE RIBEIRO

Anjo
LUCAS GUIMARÃES

Produção e Apoio                                                                                                                                                            

DIREÇÃO GERAL
João Paulo Goss Silva

VICE DIRETOR
Félix Carvalho

TESOUREIRO
Samuel Guimarães

SECRETÁRIA
Ariadine de Oliveira

DIRETORES DE ELENCO
Eric Castro e Henrique Ribeiro

MAQUIAGEM
Manuela Franco
Isadora Franco
Sarah S. Leite
Ariadine Oliveira

CABELO
Pâmela Guimarães

CONTRARREGRAS
Heleno Novais
Thiago Guimarães
Flávia Moura
Thais Ramos
Felipe Sciotta
Henrique Guimarães
Marcela Nemetala
Vitória Ferreira
Michele Souza

SOM E ILUMINAÇÃO
Abílio Quindeler
Félix Carvalho
Marcio de Paula

ESTRUTURA/CENÁRIO
César Augusto S. de Oliveira
Felipe Castro
Walace Jr.

ORNAMENTAÇÃO
José Maurílio Leite
José Cláudio de Almeida
Rita Franco
Lucas Cavalheiro
Luciano

ALIMENTAÇÃO
Ana Rúbia
Luciana Fidalgo
Thais Ramos

FIGURINO
João Paulo Goss Silva
Manuela Franco

REALIZAÇÃO
Setor Juventude da PSBJL de Bananal

APOIO
Paróquia do Senhor Bom Jesus do Livramento de Bananal
Prefeitura Municipal de Bananal
Secretaria de Cultura e Turismo


FOTOS: Prefeitura Bananal - Roberta Valente





















Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.