Brigadistas ainda apagam focos do incêndio na Serra da Bocaina. Equipes aguardam chuvas para encerrar trabalhos.


Uma semana após o início do incêndio que devastou mais de 1.200 hectares da Serra da Bocaina, os brigadistas continuam monitorando a área para apagar os focos que ainda surgem.

Na tarde desta terça-feira (26), brigadistas do Inea-RJ e integrantes da Ampsa e da Estação Ecológica de Bananal registraram vídeo do momento em que combateram focos no sertão da Encruzilhada.


As equipes acreditam se tratar dos últimos focos. Os trabalhos de monitoramento continuarão até que as chuvas previstas a partir de quarta-feira (27) caiam sobre a região.

Segundo o Instituto Climatempo, há cerca de 80% de probabilidade de chuvas com fraca intensidade. Entre quarta e sexta, o volume previsto é de 2 mm. No sábado, aumenta para 10 mm e no domingo, 8mm.

A Policia Civil de Bananal abriu inquérito para apurar as causas do incêndio que provocou o maior desastre ambiental já registrado no município.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.