Governo estadual anuncia bônus de R$ 537,4 mi para 205,8 mil servidores do ensino


Medida engloba mais de 10.300 servidores estaduais na RM Vale; valor é superior ao ano anterior e será pago em 23 de abril 

O governo de São Paulo inicia nesta terça-feira (23) o pagamento do bônus por merecimento a 205.832 professores e servidores da Secretaria da Educação do Estado e do Centro Paula Souza (CPS). O valor a ser pago é de R$ 537,4 milhões.

No Vale do Paraíba, a medida engloba mais de 10.300 professores e servidores da Secretaria da Educação.

“É o Governo de São Paulo cumprindo a sua obrigação no plano da Educação com os bônus, com a forma correta e justa, de contemplar aqueles que cumpriram suas metas ou ultrapassaram as suas metas na Educação de São Paulo”, destacou o governador João Doria ao anunciar a medida na última quinta-feira (18).

Pela Educação, o valor total do bônus é de R$ 425,4 milhões de pagamento de bônus por mérito a 187.655 mil professores e servidores da Secretaria da Educação do Estado. Deste total, a maioria (152.194) é de servidores do magistério e receberá R$ 375,5 milhões. O benefício é calculado a partir das notas do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo). O montante será depositado em folha suplementar na data de 23 de abril.

Para quem atingiu 120% da meta o valor pode chegar até aproximadamente 1,2 salários. Já quem atingiu 100% o valor pode ser até próximo de 1 salário. Quando a meta não é atingida, é calculado o avanço da escola proporcional. Neste ano, o valor médio do bônus será de R$ 2,3 mil – e o maior pagamento é de R$ 21 mil.

“O acompanhamento de todas as nossas escolas tem sido a prioridade, tendo como principal foco a aprendizagem, que é o nosso ponto central de atenção para a Educação do Estado de São Paulo”, destacou Rossieli Soares.

Já pelo CPS, serão destinados R$ 112 milhões, beneficiando mais de 18 mil servidores, sendo 13.617 professores de Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além de 4.560 administrativos. O valor médio do bônus é de R$ 4.705,61, podendo chegar até 1,08 salário.

“Traçar metas e indicadores é de suma importância para levar os profissionais a percorrerem o caminho a atingir estas metas”, destacou Laura Laganá, diretora do CPS.

Além de professores do Ensino Fundamental e Médio, diretores, agentes de organização e equipes técnicas das escolas e órgãos centrais também têm direito ao bônus. Para chegar ao valor individual, a Secretaria considera se a unidade avançou, atingiu ou superou a meta estipulada para o período. Os servidores precisam ainda ter trabalhado, no mínimo, em dois terços do ano letivo.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.