Rio Bananal transborda em Barra Mansa e Via Dutra é interditada para resgate de mãe e filha no bairro Bocaininha


Durante as chuvas do sábado (18/5), que persistiram pela madrugada deste domingo, o rio Bananal manteve o seu nível na área urbana da cidade sem maiores riscos, mas foi aumentando o volume ao longo de seu trajeto para o rio Paraíba e transbordou em bairros de Barra Mansa.

Ocorreram alagamentos em pelo menos oito bairros do vizinho município do Sul Fluminense. Os mais afetados com o transbordamento do rio Bananal foram os bairros Colônia Santo Antônio e Santa Maria II. Os rios Barra Mansa e Bocaina também transbordaram, afetando os bairros Boa Sorte, São Luís, Piteiras, Nova Esperança e Siderlândia, com alagamentos que deixaram várias famílias ilhadas.

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, classificou o temporal como um dos piores já vividos pela cidade. Equipes da prefeitura, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros trabalharam durante toda a madrugada para atender as ocorrências. 

No início da manhã deste domingo (19), a rodovia Presidente Dutra foi interditada na altura do bairro Bocaininha, em Barra Mansa, para uma operação de resgate de mãe e filha que ficaram ilhadas após o transbordamento de um córrego e do rio Bananal.

O Corpo de Bombeiros precisou utilizar um helicóptero para que o resgate fosse realizado com total segurança. A moradora Maria do Carmo registrou as imagens da operação e enviou para o Centro de Monitoramento Climático Fluminense. No vídeo, a mãe e a menina são retiradas de sua casa por um bombeiro. Içados por um cabo preso à aeronave os três saem da casa ilhada e são deixados na pista da rodovia.





Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.