Univesp abre inscrições para vestibular 2020 com vagas nos polos de Bananal, S. J. do Barreiro, Areias e Queluz


Serão ofertadas 20 vagas em cada polo no Vale Histórico; interessados têm até 14 de novembro para se inscrever

* com informações do Governo de SP

A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) abre nesta terça-feira (15), as inscrições para mais de 16 mil vagas do vestibular anual 2020, destinadas a 305 municípios, o maior processo seletivo em extensão territorial e número de vagas gratuitas do ensino superior paulista. As inscrições terminam em 14 de novembro, às 15h, e devem ser feitas pelo site vestibular.univesp.br.
O custo da inscrição é de R$ 45. As provas serão realizadas em 1º de dezembro e as aulas começam em fevereiro. Serão oferecidos seis cursos, com duas áreas básicas de ingresso:

– Letras (licenciatura)
– Matemática (licenciatura)
– Pedagogia (licenciatura)
– Tecnologia da Informação (BTI – bacharelado)
– Ciência de Dados (bacharelado)
– Engenharia de Computação (bacharelado)


Nos polos instalados em Bananal, São José do Barreiro, Areias e Queluz serão disponibilizadas, em cada um deles, 10 vagas para o curso de Licenciatura (Letras) e 10 para Engenharia de Computação. Serão os primeiros cursos do polo de São José do Barreiro, em fase de implantação. Nos outros 3 municípios os polos foram instalados em 2018.
Não há limite de idade. Para participar do vestibular, basta ter concluído o ensino médio ou estar cursando, com a conclusão até o período da matrícula. Nos primeiros dias, entre terça-feira (15), às 15h, até sexta-feira (18), às 15h, todas as pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) terão isenção da taxa.
Também será concedida a redução de 50% do valor da taxa de inscrição, em conformidade com a Lei Estadual nº 12.782/2017, aos candidatos que preencham cumulativamente, os seguintes requisitos: estejam regularmente matriculados no ensino médio ou equivalente, no 3º semestre da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em curso pré-vestibular ou em curso superior, em nível de graduação ou pós-graduação ou que recebam remuneração mensal inferior a 2 (dois) salários mínimos ou desempregados. Os benefícios são concedidos no site do vestibular. No momento da inscrição, basta clicar em “redução de taxa” ou “isenção”.
Prova
O exame será realizado em 1º de dezembro, às 13h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo. A lista completa dos locais da prova também estará disponível em vestibular.univesp.br, em 28 de novembro. O gabarito oficial da prova será divulgado em 2 de dezembro, no site do vestibular.
De acordo com o Presidente da Univesp, professor Rodolfo Azevedo, o vestibular 2020 foi planejado para atender um grande número de municípios e ampliar o acesso ao ensino superior gratuito. “Durante o ano, intensificamos as vistorias em unidades presenciais e contamos com o apoio das prefeituras e órgãos parceiros para oferecer vagas. Acredito que levar educação de qualidade é um compromisso de Governo. Estamos cumprindo o nosso papel de inclusão e de compartilhamento do conhecimento, o bem mais precioso da atualidade”, ressalta.
Cursos
Os alunos do eixo de Computação (Tecnologia da Informação, Ciência de Dados e Engenharia de Computação), farão a opção entre os três cursos após um ano e meio. “O aluno terá a possibilidade de se formar em três anos, como bacharel de Tecnologia da Informação. Se continuar por mais um ano, será um cientista de dados e, se prosseguir por mais dois anos, se forma engenheiro.
O setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) foi responsável por 7% do PIB de 2018 e gerou 43 mil novos trabalhos. De acordo com relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a área demandará 420 mil novos empregos até 2024”, completa.
Os ingressantes nas Licenciaturas, como no vestibular passado, cursarão um ano de ciclo básico, com opção de habilitação a partir do 2º ano em: Letras, Matemática e Pedagogia. Para saber mais sobre os cursos, acesse univesp.br/cursos.
A Univesp
Criada em 2012, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo é uma instituição exclusivamente de educação a distância, mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Entre seus principais parceiros, destacam-se o Centro Paula Souza (CPS) e as universidades USP, Unesp, Unicamp. Atualmente a Univesp tem cerca de 31 mil alunos matriculados.
Os cursos são gratuitos e realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Trata-se de uma plataforma online na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores e facilitadores.
Já os polos são espaços físicos, onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também podem ser acessadas pelo canal da universidade no Youtube.






Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.