Após chuvas, rio Bananal ficou a 1,34 m do transbordamento. Sertão da Bocaina ficou sem energia elétrica e com pontos de obstrução na estrada.


Esta semana deverá ser típica de Verão, com sol, calor e pancadas de chuva em volume menor 

Após o período chuvoso que motivou o alerta da Defesa Civil entre quinta (2) e domingo (5), o nível do rio Bananal atingiu ontem um volume de 5,36 metros no ponto de monitoramento do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), do Rio de Janeiro. A cota de transbordamento do rio Bananal é de 6,7 metros. Durante a madrugada desta segunda (6) a chuva cessou em sua cabeceira e o nível ficou estável, deixando a expectativa de que ele deve baixar ao longo do dia. 

Da mesma forma, com a chuva da tarde de domingo o rio Barra Mansa também subiu a um nível alarmante, chegando atingir 1,91 m, ficando a apenas 9 cm de seu nível de transbordamento, que é de 2 metros. A semana ainda vai começar com risco de chuva forte, volumosa, generalizada e persistente, mas ela deve deixar o Vale do Paraíba a partir de terça-feira (7) em direção ao Centro-Norte Fluminense. O motivo é que a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) ainda está ativa entre o estado do RJ e ES.

Serra da Bocaina

A princípio, a área mais afetada pela chuva de domingo à tarde foi o sertão da Bocaina em Bananal, tanto em relação ao trajeto até o local, quanto aos efeitos decorrentes da tempestade.

Quedas de folhagens, galhos e até árvores foram relatados por usuários da estrada de acesso à Serra da Bocaina, a rodovia SP-247. No Km 03, a pista ficou obstruída por galhos que tomaram os dois sentidos. Os motoristas tiveram que passar debaixo dos galhos, na contramão, para seguir viagem. Alguns pontos da estrada também acumularam água e barro, levando risco de aquaplanagem e derrapagens. No início da manhã os galhos já haviam sido retirados e a rodovia ficou totalmente liberada. Em caso de novas chuvas, os motoristas devem trafegar em velocidade moderada e com muita atenção.

Circulou pelas redes sociais o post da internauta Sandra Cheminand, que flagrou em vídeo a situação da estrada no Km 03.


Outra ocorrência foi a queda de um pinheiro sobre os fios de alta tensão que interromperam o fornecimento de energia elétrica por mais de 15 horas no alto do sertão. Uma equipe da Elektro trabalha no local para restabelecer o fornecimento.

A moradora Cel Paim, que registrou a foto que ilustra esta matéria, compartilhou a situação em fotos e vídeos pela sua página no Facebook.


Previsão

Será uma semana quente no Vale do Paraíba (incluindo o Sul Fluminense), mesmo com variação de nebulosidade as temperaturas vão ficar altas.

Em Bananal, segundo o Climatempo, até sexta-feira (10), as temperaturas devem variar entre 20 e 32 graus em dias com sol, aumento de nuvens pela manhã e com pancadas de chuva à tarde e à noite.

As probabilidades de chuva são altas, entre 80 e 90%, com volume de 10 mm na terça, 40 mm na quarta, 20 mm na quinta e 30 mm na sexta.



Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.