Bananal registra 4º caso recuperado de Covid-19 e fica com apenas 1 em isolamento


Mulher que ficou internada vários dias
em Barra Mansa recebeu alta hoje

Por Ricardo Nogueira, com informações da Agência Brasil

A moradora de Bananal que estava internada em Barra Mansa recebeu alta hoje e se tornou o 4º caso recuperado de Covid-19 no município. Ela contraiu a doença em outra localidade e foi registrada como caso importado. Agora, somente um homem que testou positivo para coronavírus permanece em isolamento domiciliar. Como o seu quadro não evoluiu para os sintomas mais graves da doença, ele pode se recuperar sem internação e fazer com que o município atinja 100% de casos recuperados para os 5 moradores infectados pelo novo coronavírus desde o início do levantamento em março.

A semana tem alternado boas e más notícias no quadro epidemiológico de Bananal. Na segunda-feira (25), dezoito casos suspeitos foram descartados, mas o único paciente internado, suspeito de ter contraído a doença, faleceu ontem. O resultado que irá confirmar se ele estava ou não com coronavírus deve sair nos próximos dias. Existe uma pequena expectativa de que ele seja conhecido amanhã.

Em vídeo divulgado há poucos instantes, o secretario municipal da Saúde, Pedro Luiz Santos Fonseca, esclareceu que o homem saiu de Bananal para internação em Cruzeiro sem suspeita de Covid-19. Somente após um tempo de internação se levantou a suspeita e foi colhido material para exames.

São Paulo

Nesta quarta-feira (26), o estado de São Paulo registra 6.712 mortes pelo novo coronavírus.

Também totaliza 89.483 pessoas com diagnóstico de COVID-19, com pelo menos um caso em 515 cidades. Destas, 251 tiveram no mínimo um óbito.

Há 12,3 mil pacientes internados em SP, sendo 4.686 em UTI e 7.707 em enfermaria. Até o momento já ocorreram 18.245 altas de pacientes que tiveram confirmação de COVID-19 e foram assistidos em hospitais de SP.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento a COVID-19 é de 73,2% no Estado de São Paulo e 87,6% na Grande São Paulo.

Brasil: 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes

O Brasil passou dos 400 mil casos confirmados de covid-19, de acordo com o balanço diário divulgado pelo Ministério da Saúde. Foram incluídas nas estatísticas 20.559 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, totalizando 411.821. O resultado marcou um acréscimo de 5,1% em relação a ontem (26), quando o número de pessoas nesta condição estava em 391.222.

A atualização do ministério registrou 1.086 novas mortes, chegando a 25.598. O resultado representou um aumento de 4,4% em relação a ontem, quando foram contabilizados 24.512 óbitos por covid-19.

Do total de casos confirmados, 219.576 estão em acompanhamento e 166.647 foram recuperados. Há ainda 4.108 óbitos sendo analisados.

A letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 6,2%. Já a mortalidade (a quantidade de óbitos pelo total da população) foi de 12,2.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país. O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (4.605), Ceará (2.671), Pará (2.545) e Pernambuco (2.468).

Também foram registradas mortes no Amazonas (1.891), Maranhão (853), Bahia (531), Espírito Santo (511), Alagoas (368), Paraíba (298), Rio Grande do Norte (242), Minas Gerais (240), Rio Grande do Sul (209), Amapá (183), Paraná (162), Rondônia (137), Piauí (134), Distrito Federal (133), Santa Catarina (126), Sergipe (127), Acre (113), Goiás (108), Roraima (102), Tocantins (65), Mato Grosso (46) e Mato Grosso do Sul (18).

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (89.483), Rio de Janeiro (42.398), Ceará (37.275), Amazonas (33.508) e Pará (31.033). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pernambuco (29.919), Maranhão (26.145), Bahia (15.070), Espírito Santo (11.484) e Paraíba (10.2095).

De acordo com o mapa global da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, o Brasil é o 2º colocado em número de casos, atrás apenas dos Estados Unidos (1,69 milhão). O país é o 6º no ranking de mortes em decorrência da covid-19, atrás de Espanha (27.117), França (28.599), Itália (33.072), Reino Unido (37.542) e Estados Unidos (100.047).

De acordo com o Ministério da Saúde, em dados de ontem o Brasil era o 51º em incidência, indicador que mede a quantidade de pessoas infectadas proporcionalmente à população. O país também era o 14º em mortalidade, quando os óbitos são comparados com o total da população.

Hoje não foi realizada a entrevista coletiva com representantes do Ministerio da Saúde, onde mais dados e análises são apresentados sobre o balanço diário. O evento era uma prática diária, mas a nova gestão mudou o hábito, ainda sem a definição de uma periodicidade definida.


Agência Brasil - Evolução de casos e óbitos do novo coronavírus




Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.