Recuperados em Bananal chegam a 15, mas casos positivados sobem para 52.


Tirando os casos recuperados e o óbito do dia 17, são atualmente 35 confirmados se restabelecendo em suas casas e uma pessoa em internação

Por Ricardo Nogueira, com informações da Agência Brasil

Bananal ultrapassou a barreira de 50 diagnósticos positivos para infecção pelo novo coronavírus nesta quinta-feira, 23 de julho. Os casos confirmados que eram 49 ontem, subiram para 52 hoje. Agora são 35 isolados nas respectivas casas e 1 internado em hospital. O número de recuperados subiu de 12 para 15 pessoas em alta. Complementando o indicador de casos confirmados, figura o óbito registrado no dia 17 de julho.


No gráfico acima, elaborado pela Gazeta de Bananal, os leitores podem acompanhar os últimos 14 dias em que ocorreram alterações no número de casos confirmados (colunas em azul) ou de recuperados (linha demarcatória laranja).

Casos Suspeitos

Os casos suspeitos, que haviam caído de 173 anteontem(21) para 153 ontem(22), voltaram a subir e agora são 162 pessoas. Uma delas internada aguardando resultados dos testes e as outras 161 monitoradas em isolamento domiciliar. O indicador de suspeitas subiu, mesmo com o número de descartados aumentando dos 175 de ontem para 185 hoje. Essa oscilação mostra que o indicador de suspeitos continua variável, com dezenas de casos sendo incluídos e descartados diariamente.

RM Vale

Nesta quinta, Arapeí registrou mais 1 caso confirmado (clique aqui para ler). Possui também 4 casos suspeitos e 5 pessoas monitoradas em isolamento domiciliar. Arapeí acumula 19 casos descartados desde o início da pandemia.

O boletim de São José do Barreiro hoje registra 5 casos suspeitos e 8 em isolamento social domiciliar monitorado (5 deles no bairro do Formoso). O município é uma das 6 localidades paulistas que não tiveram casos confirmados nesta crise sanitária.

Em Areias os casos positivados totalizam 26 desde o início da pandemia, sendo 25 já recuperados. O boletim atual mostra uma pessoa infectada em isolamento domiciliar. Os casos suspeitos mostram 5 isoladas em suas respectivas casas. O município já descartou 13 casos desde o início do levantamento.

Os indicadores de óbitos na região hoje registraram mais 6 mortes em São José dos Campos, 4 em Jacareí e 1 em Ubatuba. Os casos confirmados acumulam, nessas cidades, respectivamente, 5.658, 1.110 e 179.

Amanhã o governo paulista anuncia em coletiva o novo ranqueamento das regionais de saúde pelo Plano SP. Com indicadores desfavoráveis, não será surpresa se a região retroceder da fase laranja para a vermelha. A Gazeta de Bananal retransmitirá, ao vivo, a coletiva em sua página no Facebook.


Estado de São Paulo

Após ter registrado recorde de casos diários de covid-19 ontem (22), o estado de São Paulo voltou a apresentar um alto número de novos casos confirmados do vírus hoje (23), o segundo maior desde o início da pandemia: 12.561 nas últimas 24 horas.
Segundo o governo paulista, isso é resultado de um represamento de dados, provocado por falhas no sistema do e-SUS do Ministério da Saúde desde quinta-feira passada (16).
O Ministério da Saúde informou, em nota, "que alguns estados apresentaram dificuldade para preencher os dados sobre covid-19 no sistema durante final de semana (18/07 e 19/07)" e que os auxiliou prontamente na resolução desse problema.
Ontem, o estado registrou 16.777 casos confirmados do novo coronavírus, batendo recorde. O estado chegou a contabilizar mais de 19 mil casos em um único dia, mas isso tinha sido resultado de um acúmulo de dias por causa de um problema no sistema de contabilização do Ministério da Saúde.
"Ontem nos espantou o número de casos que tivemos, uma elevação absolutamente espantosa", disse o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.
"Se nós temos um número de dados que vem em uma faixa diária de 7,5 mil casos novos por dia e eu passo a ter 16.777, algo aconteceu. E nós observamos que, a partir do dia 17 de julho, esses números baixavam para 5 mil casos, 6 mil casos — sempre 2 mil a 2,5 mil casos a menos do que as médias diárias", disse Gorinchteyn.
Segundo o secretário, após o número muito elevado de ontem, o governo paulista resolveu pesquisar as razões que justificassem esse aumento e confirmou a instabilidade no sistema do e-SUS – que vem ocorrendo há uma semana. “O e-SUS, do Ministério da Saúde, mostrou instabilidade, dificultando a inserção dos casos leves dos municípios para essas contabilizações. Com isso, todos esses dados que ficaram represados acabaram sendo lançados de uma vez só", explicou o secretário.
De acordo com o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, Paulo Menezes, essa falha no sistema do Ministério da Saúde deve continuar influenciando nos dados do estado, pelo menos até amanhã (24).
“O sistema de informação em saúde utilizado para contabilizar dados de covid-19 [a doença provocada pelo novo coronavírus] no país todo envolve dois bancos de dados. Um para casos internados, chamado de Sivep-Gripe e outro para casos leves, chamado de e-SUS. E o volume de informações nesse e-SUS é muito grande. É um sistema pesado que apresentou instabilidade desde quinta-feira”, disse.
“Ontem tivemos mais de 16 mil casos confirmados e, hoje, mais 12 mil. E é possível, inclusive, que até amanhã a gente ainda tenha algum rescaldo de notificações que ficaram pendentes ao longo desse período”, destacou Menezes.  
Até este momento, o estado soma 452.007 casos confirmados do novo coronavírus, com 20.894 óbitos.
Há 5.552 pessoas internadas em estado grave em todo o estado em casos suspeitos ou confirmados de coronavírus, além de 8.354 pessoas internadas em enfermarias. A taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) do estado está em torno de 66,2%, enquanto a média na Grande São Paulo está em torno de 63,7%.
As pessoas que se recuperaram da doença já somam 302.176 em todo o estado.  


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.