Arapeí é incluído em retomada do Programa Novas Vicinais do governo de SP

 

Serão 9 municípios da RM Vale com estradas que colaboram para o escoamento agrícola, industrial e dão acesso às regiões turísticas.

Por Ricardo Nogueira, com informações do governo de SP

Arapeí foi o primeiro município do Vale Histórico a ser inserido na retomada do programa Novas Vicinais, do governo de São Paulo, priorizando estradas que ligam polos geradores de serviços e rodovias estaduais, além das que dão acesso a municípios. 

Outros 8 municípios da RM Vale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) também foram contemplados na fase inicial da retomada do programa. Com uma vicinal listada estão Cachoeira Paulista,  Jacareí, Jambeiro, Lavrinhas, Pindamonhangaba e Taubaté. Campos do Jordão e Potim terão obras em duas estradas vicinais.


O anúncio foi feito pelo deputado estadual Eduardo Cury, ex-prefeito de São José dos Campos (clique acima para assistir). Ao lado dele estavam o ex-prefeito de Taubaté, Ortiz Jr., agora integrado à equipe do governo estadual, e o Secretário de Estado de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi. "É um prazer participarmos com nosso time desse importante trabalho conjunto de benefícios expressivos para o Vale do Paraíba. Esse nosso programa de vicinais vai dar um impacto muito grande no interior, com o governador João Doria focado no desenvolvimento do Vale do Paraíba", ressaltou Vinholi.

O programa Novas Vicinais foi lançado em novembro de 2019, pouco antes da pandemia de Covid-19, com o objetivo estratégico de compor uma matriz logística rodoviária integrada no território paulista. Na ocasião, o governo destacou que as vicinais têm papel relevante para a logística do Estado, já que colaboram para o escoamento agrícola, industrial e dão acesso às regiões turísticas. Com o programa, o transporte da produção agrícola ganhará agilidade e segurança em todas as regiões de São Paulo, além do incremento às economias regionais.

No lançamento do programa, a meta estava voltada para 1.103 estradas vicinais que receberiam obras para recuperação da pista, pavimentação das estradas em terra e melhorias em sinalização e sistema de drenagem.  A previsão de investimentos na época foi de R$ 2,8 bilhões entre recursos do Estado e de financiamentos internacionais em obras de 224 estradas vicinais na primeira fase, totalizando 2.600 quilômetros de vias recuperadas.

Convênios

Para que as obras sejam realizadas, é necessária a formalização de convênios entre o Governo do Estado e prefeituras. Os trâmites técnicos e a análise de documentação para celebração dos contratos estão a cargo do DER.

Após o convênio, o cronograma de contratação das intervenções será programado e monitorado pelo DER, que concentrará esforços para que os serviços sejam realizados dentro do prazo estipulado e gere o menor impacto possível à população.

Deputado Eduardo Cury com o Secretário do Desenvolvimento Regional Marco Vinholi (centro) e Ortiz Júnior.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.