É HOJE!

A montagem do grande palco de shows na manhã de quinta-feira.


Área da rua Manoel de Aguiar a ser destinada aos foliões.

   Nesta sexta-feira a folia começa em Bananal com o desafio de manter o nível que leva o carnaval da cidade a figurar entre os melhores da região valeparaibana.
O evento segue a fórmula de sucesso dos últimos anos, mas com uma diferença: será o primeiro carnaval "privatizado" da cidade. A prefeitura conferiu a uma empresa a organização do evento. Em contrapartida, cedeu, mediante licitação, os espaços públicos das duas praças principais para exploração comercial.   
O reinado de Momo será deflagrado às 20 horas com sequências de músicas embaladas pelo DJ Campelo.
Às 21 horas está prevista a estréia dos desfiles de blocos. O bloco Vale Folia, único a desfilar hoje, tomará o centro com centenas de foliões embalados por grandes sucessos do carnaval.
A abertura oficial do carnaval 2011 será às 23 horas com o baile popular puxado no palco pela Banda Puro Encanto. O grupo fará shows com duração prevista de 6 horas nas 5 noites.
A montagem do palco e das estruturas espalhadas entre a Praça Pedro Ramos e a Manoel de Aguiar está sendo finalizada sem maiores problemas.
A instalação das estruturas foram intensificadas na madrugada de quarta para quinta-feira, assim como os enfeites e a iluminação do trecho de rua reservado aos foliões.
A área de circulação do público entre as Praças Pedro Ramos e Rubião Júnior abrigará barracas de bebidas e comestíveis. A praça Rubião Júnior, além dos quiosques habituais, terá brinquedos a preços populares para a diversão das crianças.

TRÂNSITO

Com o aumento do fluxo de veículos e a mudança de mão no sentido das ruas no período noturno, os motoristas devem ficar atentos e obedecer rigorosamente as placas de sinalização e as orientações dos agentes de trânsito. O tráfego de ônibus e caminhões está sendo desviado para a avenida Barão de Joatinga. Como de costume, em trechos do entorno das duas praças centrais e das ruas Manoel de Aguiar e Ernani Graça, só é permitida a entrada de veículos dos moradores desses locais. A rua  Leon Gilson passou a ter mão única, no sentido Praça Rubião Júnior-Barão de Joatinga (descida).

BANHEIROS PÚBLICOS

 Ponto refratário a melhorias na infra-estrutura do nosso carnaval, a questão dos banheiros públicos é um dos fatores a ser observado. Na verdade, este é o ponto negativo que mais persiste no carnaval de Bananal.  
 Desde que os bailes populares foram introduzidos, há 20 anos, incontáveis foram os casos de pessoas que ignoraram os banheiros químicos e não hesitaram em fazer suas necessidades em locais públicos.
 Até o lado posterior do Fórum, na travessa Pio X Guimarães, vira “banheiro”. A Igreja Matriz também é desrespeitada nos pontos menos iluminados.  
 A ocorrência é um contraponto que ofusca o pleno êxito da festividade por constranger crianças, mulheres e idosos.
 O problema não é exclusivo de Bananal. Eventos desse porte nas demais cidades coexistem com essa questão, sobretudo porque as autoridades ficam mais focadas no policiamento ostensivo, no controle do trânsito, na manutenção da ordem e na segurança, fazendo vista grossa para esses delitos “menores”.
 Ao noticiar o pré-carnaval realizado há duas semanas, o blog recebeu, através de e-mails e no facebook, dezenas de reclamações neste sentido. Outro local bastante visado, além do Fórum, é a parte frontal de um imóvel na rua Ernani Graça (antiga Sabesp).
Praticamente todas as ruas adjacentes à área central são alvo dos "incontinentes".  Além disso, foram relatados casos de invasão de imóveis com pouca iluminação ou movimento nessas áreas.

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.