Câmara e CIEE se juntam para mobilizar empresários locais em prol de estagiários.

Reunião definiu data para encontro com empreendedores locais no dia 29 de junho, às 18 horas. 
Lúcia Nader, Mônica Oliveira (Assistente do CIEE), Godô (Presidente da Câmara) e Erika Afonso.

A Câmara Municipal de Bananal e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) estão iniciando uma parceria para divulgar programas de estágio que visam a preparação dos jovens bananalenses para o mercado de trabalho.
Em recente reunião nas dependências da Câmara, o presidente Antônio Carlos Ramos da Silva (Godô) recebeu a Assistente de Atendimento às Empresas do posto do CIEE de Lorena, Mônica Oliveira.
O encontro, que serviu de preparativo para as ações a serem desenvolvidas junto aos empreeendedores de Bananal, contou também com a participação das vereadoras Lúcia Helena Nader Gonçalves e Érika Tereza Coitinho Afonso, além de assessores da própria Câmara.
Mônica Oliveira apresentou aos presentes um material de divulgação dos vários programas implantados pelo CIEE, sempre em parceria com empresas, órgãos públicos, ONGs e profissionais liberais, explicando as muitas variáveis possíveis de adesão.
O principal objetivo é preparar e até mesmo inserir os jovens no disputado mercado de trabalho, abrindo caminho para sua inserção social. O caráter do estágio é estritamente pedagógico e está aberto a jovens, a partir de 16 anos, estudantes de nivel Médio, Técnico e Superior, com atividades correlatas aos cursos em que estejam matriculados.
A inserção dos jovens nos programas é feita através de processo seletivo, com provas aplicadas pelo próprio CIEE.
Os estagiários ou aprendizes, tem carga horária de 30 horas semanais, ou seja, 6 horas por dia. Existem programas em que, além de receberem benefícios como bolsa auxílio e auxilio-transporte, também recebem apólice de seguro por morte ou invalidez permanente e reembolso em despesas médicas até R$ 600,00.
Além disso, podem obter acompanhamento familiar e avaliações psicológicas dos profissionais do CIEE.
Os programas também tem cotas para portadores de necessidades especiais.
A assistente Mônica Oliveira acredita que a demanda em Bananal seja grande, tomando por base um recente processo seletivo realizado para preencher 2 vagas no Fórum da cidade onde mais de 40 jovens se inscreveram.
Ao final do encontro foi acertado que a Câmara cederá suas instalações e ajudará o CIEE na distribuição de convites para uma explanação mais detalhada aos empreendedores de Bananal no dia 29 de junho, uma quarta-feira, às 18 horas.
No evento, os convidados terão oportunidade de conhecer de forma mais aprofundada as variadas modalidades de contratação, as questões legais, trabalhistas, previdenciárias, valores salariais, formas de adesão aos programas e muitos outros pontos esclarecedores.
Trata-se de uma oportunidade impar em proporcionar aos nossos jovens uma disputa mais igualitária na busca por empregos, uma vez que quase todos os municípios que nos cercam  possuem ações desenvolvidas pelo CIEE. 
No transcorrer dos próximos dias o blog divulgará mais informações sobre a entidade e seus programas, cuja relevância atrai parceiros de renome como, por exemplo, a Fundação Roberto Marinho.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.