Bananal é tri em Copa Master de futebol.

 

  Em partida realizada no domingo, 16 de junho, no estádio João Avelar, a seleção de masters de Bananal fez 2x0 na equipe de Areias e conquistou pela terceira vez a Copa Vale Histórico da categoria.

  Jogando melhor na maior parte dos 90 minutos da decisão, o selecionado bananalense abriu o marcador no primeiro tempo com o artilheiro Vaguinho. Após muitas chances perdidas, o titulo foi sacramentado na etapa complementar com outro gol, assinalado por Fumeiro. As duas equipes chegaram a ficar com 10 jogadores após as expulsões de César (Areias) e José Luiz (Bananal).

  A competição foi organizada em conjunto pelas secretarias de esportes dos seis municípios participantes: Bananal, São José do Barreiro, Areias, Queluz, Silveiras e Lavrinhas. As equipes jogaram entre si na primeira fase, com rodadas alternadas em cada uma das cidades. As 4 melhores equipes se classificaram para as semifinais.

  Na 1ª fase Bananal ficou na 3ª colocação, com 9 pontos, após empatar com Silveiras, Areias e Lavrinhas, e vencer São José do Barreiro e Queluz.

  Nas semifinais, disputadas em Queluz, no tempo normal Bananal empatou  sem gols com Lavrinhas. A classificação para a final veio nos pênaltis, com uma vitória por 4x3. O tento decisivo veio em cobrança convertida pelo goleiro Amaral.

  A vitória de 2x0 na final garantiu o título invicto, repetindo a façanha do ano passado. A equipe ficou com a defesa menos vazada da competição. Foram apenas 4 gols sofridos em 7 partidas.

  No jogo preliminar, São José do Barreiro fez 2x0 sobre Lavrinhas e ficou com a 3ª colocação do torneio.

  Além de troféus para os três primeiros colocados, a Copa Vale Histórico de Futebol Masters também premiou o goleiro menos vazado (Amaral de Bananal), o atleta revelação (Alexandre de Queluz) e o artilheiro (Toninho de Areias).

  Na decisão Bananal foi campeão com a seguinte escalação: Amaral, Vando, Feinho, José Luiz e Zé Rogério (Pedrinho), Macaia (Joãozinho) e Luiz Henrique, Miranda e André (Fumeiro), Vaguinho (Robinho) e Chumbinho. No banco de reservas também estavam à disposição os jogadores Zito, João XVI, Marquinhos e Noel.
 
  A Comissão Técnica foi integrada por Heleno Nogueira (Técnico), Godô (Auxiliar Técnico) e Marcão (Diretor). O suporte administrativo e de organização foi efetivado pela Secretária Municipal de Esportes, Karyna Barros.

      


             A CAMPANHA             

1ª Fase

Bananal   1 x 1   Silveiras
Bananal   1 x 0   S. J. do Barreiro
Bananal   3 x 3   Areias 
Bananal   0 x 0   Lavrinhas
Bananal   1 x 0   Queluz

Semifinal

Bananal*   0 x 0   Lavrinhas  -  * 4x3 nos pênaltis

Final

Bananal   2 x 0   Areias

                                                                                                   FOTOS: Karyna Barros
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.