Empresa é inabilitada e licitação da SP-247 atrasa.

   A empresa paranaense Castellar Engenharia, que apresentou a melhor proposta para execução das obras na SP-247, foi inabilitada pela Comissão de Licitação do DER. 

  O procedimento licitatório considerou vencedora a empresa Souza Compec Engenharia e Construções Ltda., dona da 2ª melhor proposta, no valor de R$ 31.281.247,44.

  O valor orçado pelo DER foi de R$ 32.757.983,54. A proposta vencedora ficou abaixo desse valor, com R$ 1.476.736,10 a menos. A proposta da Castellar era 1,77 milhão inferior. 

  Serão executadas obras e serviços de recuperação, pavimentação, perenização e melhorias entre os Kms 0 e 35 da rodovia que leva o nome do ex prefeito de Bananal, Sebastião Diniz de Morais. 

  A abertura dos envelopes foi no dia 13 de maio, no Auditório da sede do DER, localizado no edifício da Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo.

 O resultado, após julgamento e possíveis correções aritméticas, seria formalizado com a publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo. A sua demora foi o indicativo da existência do problema com a vencedora. A definição só veio cerca de dois meses depois.

A rodovia é considerada vital para a incrementação do turismo local. Dentre várias belezas naturais, ela dá acesso à Estação Ecológica de Bananal e a pousadas paradisíacas do Sertão da Bocaina.
 
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.