Secretaria de Educação presta singelo tributo ao Dia do Autista.


O prédio da antiga Santa Casa, que atualmente abriga a Secretaria Municipal de Educação, dentre outros setores da prefeitura, ganhou faixa e enfeites azuis nas janelas para celebrar de forma singela o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, em 2 de abril.

Declarada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a data marca, desde 2008, a necessidade de buscar melhorias para as vidas das crianças e dos adultos afetados pela síndrome. Também almeja conscientizar e estimular a inclusão dos autistas na sociedade, cultivando seus talentos.
 
O azul é a cor símbolo da celebração porque o autismo é mais comum nos meninos — na proporção de quatro meninos para cada menina.

O autismo é um transtorno global do desenvolvimento, no qual existem comprometimentos variáveis que podem ter de um grau leve a elevado. Seus portadores apresentam deficiências intelectuais, caracterizadas por dificuldades de comunicação e de contato social, assim como comportamentos repetitivos.

Nem sempre o autismo está associado à deficiência mental. Seus portadores podem apresentar nível de inteligência classificado como normal, sendo comum o desempenho acima da média em tarefas que exigem apenas atividades mecânicas ou memorização.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), no mundo existem aproximadamente 70 milhões de autistas, o que representa 1% da população global.

Atualmente em Bananal, cerca de 3 crianças contam com um trabalho que tenta inseri-las no meio da sociedade, através das escolas.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.