1ª Reunião de impulsionamento de RPPNs será relevante para ações de proteção e conservação em Bananal.

O Centro Cultural Carlos Cheminand abriga, a partir das 9 horas deste sábado, 08 de dezembro, a 1ª Reunião de impulsionamento de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), tendo a participação de Oswaldo Fariba, da Fundação Florestal e Lauro Maia Cavalcanti, da Fazenda Catadupa, localizada no Bairro do Formoso, em São José do Barreiro.

A iniciativa partiu do gestor da Estação Ecológica de Bananal (EEB), Tiago Nogueira, com o intuito de estimular a cadeia produtiva local (produtores e proprietários rurais), a buscarem a formalização de unidades de conservação através de atos voluntários. Assim, o produtor registra sua unidade e passa a fazer parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) com todas as ações de proteção e conservação do meio ambiente.

A equipe da Estação Ecológica de Bananal considera a reunião de extrema importância para estimular o surgimento de novas unidades de conservação como a da Chácara Santa Inês e a do Rio Vermelho. Sob a ótica da equipe, com o proprietário atuando em conjunto com a Estação Ecológica, com a Secretaria de Meio Ambiente e com o governo público local será possível manter a floresta com mais verde, mais bichos, árvores e a beleza cênica que os milhares de turistas que visitam nossa cidade esperam encontrar.

Oswaldo Fariba fará explanação sobre a parte burocrática que envolve uma RPPN em detalhes técnicos.

Já Lauro Cavalcanti irá abordar a criação e gestão da RPPN da Fazenda Catadupa, uma exitosa experiência desenvolvida em programa de incentivo às RPPNs da Mata Atlântica numa parceria entre a Fundação SOS Mata Atlântica, The Nature Conservancy e a Conservação Internacional.

A reunião ofecerá coffee-break e tem a expectativa de agregar proponentes que buscam a instalação de novas RPPNs em Bananal. 

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), categoria de Unidade de Conservação de domínio privado e perpétuo, objetiva a conservação da biodiversidade sem que haja desapropriação ou alteração dos direitos de uso da propriedade. Ela pode ser criada em áreas rurais e urbanas, não havendo tamanho mínimo para sua criação.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.