SUS credencia Santa Casa de São José para transplante de rim e retirada de órgãos e tecidos.




Hospital já é referência no transplante de fígado e também recebeu certificação de melhoria contínua da Organização Nacional de Acreditação


A Santa Casa de São José dos Campos foi credenciada para realizar transplante de rim e retirada de órgãos e tecidos pelo Sistema Único de Saúde – SUS, habilitando a instituição a partir do acionamento da Secretaria Estadual de Saúde/ Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos.

A publicação no Diário Oficial pela Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, em 31 de dezembro de 2018, reconhece e habilita a instituição, que já é referência no transplante de fígado.

 “A região amplia sua capacidade e a Santa Casa passará a funcionar como uma central de transplantes, o que dará maior agilidade e efetividade para os pacientes da região que aguardam por um transplante e estamos preparados para mais essa atuação importante”, comemorou Ivã Molina, provedor da Santa Casa.

O credenciamento fechou um final de ano em 2018 marcado por conquistas relevantes.

Em novembro, foi anunciado pelo Ministério da Saúde um acréscimo anual de R$ 7,5 milhões para habilitar a entidade a executar procedimentos hospitalares e de quimioterapia pela rede pública.

No mês seguinte, a Santa Casa de São José dos Campos foi homologada no Nível 3, da certificação de Acreditação da ONA – Organização Nacional de Acreditação, demonstrando que a instituição tem uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade.

Para alcançar este selo, a entidade passou por um rígido sistema de avaliação de todos os seus processos, em diversas áreas do hospital. O selo Nível 1 (Acreditação) foi angariado em 2006 e a Santa Casa de São José dos Campos foi a primeira Santa Casa do Brasil a consegui-lo. O foco era segurança do paciente.

O Nível 2 (Acreditado Pleno) foi angariado em 2012 e a entidade teve que comprovar uma assistência médica de excelência, por meio de uma gestão integrada. Este ponto englobou treinamento, auditoria interna e estratégias para tomada de decisão.

Agora no Nível 3 (Acreditado com excelência), a Santa Casa está entre os 141 hospitais do Brasil homologados nesta categoria, sendo que destes, apenas 12 são entidades filantrópicas. “Estamos muito felizes pelo reconhecimento e gratos pelos esforços de todos os setores envolvidos! Mais uma vez, conseguimos mostrar que nossa entidade trabalha com excelência, com foco no que realmente importa: a saúde e o bem-estar dos nossos pacientes”, afirmou Ivã Molina.

Com informações do site oficial da Santa Casa de São José dos Campos
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.