Leilão beneficente de gado busca recursos para constituição da Apae Bananal.



No domingo, 10 de fevereiro, a partir das 14 horas será realizado, no distrito de Rancho Grande, o 1º Leilão de Gado, em caráter beneficente, pela implantação de uma unidade da APAE em Bananal. O objetivo é levantar recursos financeiros para custear as despesas burocráticas para a constituição da mesma.

Um dos organizadores do leilão é o fisioterapeuta Welington Aguiar. Ele lançou a ideia meses atrás, na Assembleia de formação da Diretoria da APAE Bananal. Desde então, vem atuando pela realização do leilão e divulgando os princípios que norteiam a iniciativa.

"Precisamos fazer o bem sempre. Como cristãos, temos prazer em ajudar. Muitos não tem conhecimento, mas são várias crianças e seus familiares precisam da criação da APAE em Bananal. Ela também trará novos recursos para a cidade e, assim, ajudará em muito toda a população. Então, é um bem que trará muitos benefícios e alegria", destaca Dr. Welington.

Em sua Pickup Saveiro, ele percorreu fazendas para pedir a doação de animais e transportá-los. Na visita a criadores e produtores da região encontrou outras formas de apoio. “Alguns colaboradores preferiram doar em espécie, para evitar maiores custos para nós com idas e vindas no transporte dos animais”, disse ele.

Até as 12 horas do dia do leilão, quem quiser poderá colaborar doando, bezerros. bezerras, garrotes ou vacas. Os animais serão marcados com brincos numéricos e os nomes dos doadores anotados.

Após o leilão, o valor arrecadado será registrado em livro próprio da APAE Bananal e divulgado pelos meios de comunicação de forma transparente.

Dr. Welington destaca que a ação é desenvolvida por pessoas que não buscam reconhecimento pessoal, mas sim o prazer de fazer o bem e ajudar o próximo. “Penso que se todos começarem a pensar no próximo e se doarem um pouco mais, teremos não só uma cidade, mas um país melhor, com bons exemplos de cidadania. Cristo nos ensinou a amar e não existe amor maior do que fazer o bem a quem precisa, independente de quem seja ou como seja. Faça o bem sempre”, ressalta o fisioterapeuta.

Apae em Bananal

A implantação da Apae em Bananal teve inicio em abril de 2018 após contatos iniciais na Prefeitura com o consultor e professor Joffre Neto por intercessão do bananalense João Luís Rimoli.

Em maio, o movimento tomou impulso com a efetiva participação do Dr. Marco Aurélio Ubiali, neuro-cirurgião de grande reputação que foi presidente da FEAPAES – SP, Federação das APAEs do Estado de São Paulo e tem pleno domínio na área. Na época atuando como assessor especial do então governador Márcio França, ele aceitou convite de Joffre Neto para vir a Bananal explanar sobre os trabalhos das Apaes e defender a viabilidade da implantação de uma unidade no município.


Dr. Ubiali com o ex governador Márcio França.

Ele cumpriu o compromisso logo depois. Destinou um sábado de sua agenda e, para um público que lotou as cadeiras do plenário da Câmara de Bananal, dissertou sobre sua experiência e respondeu perguntas, tirando dúvidas. Talvez, a mais relevante delas tenha sido o receio de se abandonar os serviços prestados há décadas pela APAE de Barra Mansa. Um trabalho de excelência, desenvolvido por profissionais capacitados e competentes que, acima de tudo, estabeleceram vínculos afetivos com as crianças atendidas e seus familiares. Dr. Ubiali esclareceu que a Apae de Bananal não representaria um rompimento total com a de Barra Mansa, sendo possível uma interação entre elas. Além disso, os pais continuariam com a opção de retirar ou manter os filhos na Apae do município vizinho.

Dr. Ubiali destacou ainda que uma unidade da APAE, além de atender a um público específico, de pessoas com deficiência, tem sido muito eficaz em diversos municípios atuando como entidade complementar ao sistema de saúde público, no papel de organização social. Entre outras palavras: poderá ser muito importante para melhorar nossos serviços de saúde.

Desde então, em processo contínuo, a Apae Bananal vai se tornando realidade. Foram efetivados a Assembleia de formação da Diretoria, a elaboração do estatuto e reuniões para a estruturação da nova entidade. No final de agosto, o próprio Dr. Ubiali relatou em vídeo a evolução dos trabalhos que, agora, buscam os recursos para o trâmite burocrático e suas muitas despesas.





Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.