SP lança "Programa Multisaúde" oferecendo consultas especializadas a distância


Inovação digital dá mais agilidade no diagnóstico e tratamento de doenças; telemedicina tem suporte do Hospital Israelita Albert Einstein

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, anunciaram na sexta-feira (3/5) um programa inédito para agilizar o atendimento especializado à população. A meta é reduzir o tempo de diagnóstico e de início de tratamento por meio de teleconsultoria com médicos de hospitais renomados.
O piloto do programa Multisaúde conta com atendimento na área de dermatologia, com início das atividades em Catanduva, na região de São José do Rio Preto, e teve início no dia 25 de abril, na UBS (Unidade Básica de Saúde) central da cidade. O programa também já está ativo em outras cinco cidades da região: Itajobi, Novo Horizonte, Pindorama, Pirangi e Tabapuã.
No decorrer de maio, o Multisaúde será expandido para outros 13 municípios abrangidos pela região de Catanduva nesta fase inicial.
Com o uso de um aplicativo criado especialmente para o programa do Governo do Estado, profissionais das UBSs da região de Catanduva vão coletar imagens de alterações na pele de cada paciente, bem como aspectos clínicos, e enviarão o conteúdo para teledermatologistas do Hospital Israelita Albert Einstein, por meio de parceria gratuita com a pasta neste piloto do programa.

“É um programa inovador, de alta tecnologia. Inicialmente, esta operação está sendo feita com o Hospital Albert Einstein, parceiro do Governo de São Paulo em várias iniciativas. Lá, médicos especialistas emitem laudos à distância, oferecem sugestões terapêuticas, garantindo agilidade e eficiência sobre as informações oferecidas aos pacientes intermediadas por médicos nas UBSs do Estado. Em casos de suspeita de câncer de pele, por exemplo, o paciente é imediatamente encaminhado para a realização de biópsia e faz um exame mais preciso”, afirmou o Governador.
A partir da troca de informações, os especialistas do serviço parceiro vão emitir laudos à distância e sugestões terapêuticas, garantindo agilidade e eficiência. O paciente poderá ter seu atendimento concluído na própria UBS, receber o encaminhamento para avaliação presencial com um dermatologista em serviço de referência da região ou, ainda, encaminhado para a realização de biópsia nos casos que indicarem suspeita de câncer.
“O uso da tecnologia permite uma troca de informações entre profissionais da saúde da UBS e do hospital parceiro para a elaboração de diagnósticos de modo mais ágil e eficiente. Na luta contra o câncer, quanto mais rápido for a detecção da doença e o início do tratamento, maiores são as chances de cura”, declarou o Secretário de Saúde.
Capacitação
Os profissionais da Atenção Básica dos municípios estão sendo capacitados para o uso do aplicativo e contarão com a expertise dos teleconsultores para análise dos casos inseridos na nova ferramenta.
Além da rapidez diagnóstica, o uso da tecnologia vai reduzir encaminhamentos e consultas desnecessárias. O objetivo é oferecer maior conforto a pacientes e médicos, já que reduzirá eventuais deslocamentos para atendimento presencial.
A lógica será utilizada em todas as etapas do programa, que será expandido gradativamente no Estado


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.