Desfile, atos e homenagens marcaram comemoração pelos 187 anos da emancipação de Bananal.


Bananal comemorou no dia 10 de julho de 2019 os seus 187 anos de emancipação político-administrativa com atos cívicos, desfile de alunos das escolas municipais, apresentação de bandas, números musicais, projetos culturais e homenagens a cidadãos e servidores municipais durante a manhã no centro histórico da cidade.

A cerimônia, na Praça Pedro Ramos, contou com a presença de autoridades dos poderes Executivo e Legislativo, lideranças religiosas e representantes da comunidade local. Foi aberta com o hasteamento das bandeiras do município de Bananal, do estado de São Paulo e do Brasil, respectivamente pelo prefeito em exercício, Carlindo Nogueira Rodrigues (Piá), pelo presidente da Câmara Municipal, Ednaldo Valim Cabral e pelo pastor Daniel Mendes dos Santos, da Igreja Adventista do 7º Dia.

Antes do tradicional desfile dos alunos da rede pública municipal pela rua Manoel de Aguiar, houve uma apresentação dos jovens músicos do Projeto Cordas, que sob a orientação do professor Juliano da Conceição Izoldi, há 16 anos proporciona aulas de violão para alunos entre o 5º e o 9º ano do ensino fundamental.

Crianças caracterizadas com vestimentas da época das Damas e dos Barões do café abriram o desfile seguidas por um pelotão de bandeiras formado por alunos da escola municipal Professor José Luiz Ferreira Guimarães. Na sequência, desfilaram pela rua principal alunos da educação infantil, do ensino fundamental, do EJA (Educação para Jovens e Adultos) e integrantes do Grêmio Estudantil.


Os pelotões marcharam embalados pela percussão da fanfarra da EMEIEF Coronel Nogueira Cobra, sob a regência do servidor municipal Luiz Cláudio Gonçalves Assunção (Banha). A Banda de Metais da escola se apresentou em seguida, coordenada pelo professor Neivyson Machado da Silva.

Na sequência, o público acompanhou a apresentação dos alunos do Projeto Percussão, comandado e idealizado pelo professor e músico Cláudio Gonçalves (Belinha) com alunos do ensino fundamental e médio.

Da esfera esportiva, desfilaram também os alunos que integram parcerias da prefeitura com o Sesi (Programa Atleta do Futuro), orientado pelo professor Gilberto Andrade, e com o projeto local Meninas e Meninos de Ouro, ministrado por voluntários e pais de 120 crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos, tendo à frente o advogado Ernesto dos Santos Nogueira Neto.


A raiz cultural africana foi marcada pela apresentação do Projeto Capoeira, do professor Marcelo, radicado há décadas na cidade e expoente da prática da modalidade para várias gerações. 

O Clube dos Desbravadores Pioneiros do Vale, ligado à Igreja Adventista do 7º Dia em Bananal, realizou seu tradicional desfile e precedeu o encerramento da celebração cívica com a apresentação da Banda Sinfônica da AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), de Resende-RJ. 

Homenagens

Entremeando os desfiles, a cerimônia homenageou cidadãos e servidores públicos que se destacaram em atividades cotidianas em prol do município.

Enfatizando o trabalho desenvolvido pela Casa do Artesão de Bananal, implantado em 2004 com o apoio da FACESP, do Sebrae e da Prefeitura de Bananal, a Secretaria de Educação homenageou a Sra. Vera de Paula Antunes, que há 19 anos lidera voluntariamente um trabalho de recuperação e preservação do Solar Aguiar Valim, onde o projeto está sediado.

Da mesma forma, a Secretaria de Assistência Social e o Cras enalteceram o trabalho da Sra. Norma Rocha, de vasto histórico de contribuição com a área assistencial. A Sra. Marlene Corrêa também mereceu uma homenagem póstuma pelos 30 anos de dedicação ao setor.

Os homenageados pela Secretaria Municipal de Saúde foram os médicos Orlando Pereira Fraga, Sebastião José Brandão da Costa, Marcus Miceli e Flávio Fróes, classificados pelo cerimonial como "guardiões da saúde" no município.


Outra justa homenagem pela conduta exemplar e dedicada como servidor público municipal, foi a prestada ao Sr. Manoel Damásio, que mesmo octogenário e aposentado, é referência na Secretaria que agrega o setor de obras, manutenção e serviços municipais. Suas habilidades como eletricista e marceneiro continuam imprescindíveis na orientação prática a seus colegas, muitos dos quais fizeram questão de prestigiá-lo naquela homenagem.

Completando o dia festivo foi inaugurado na parte da tarde um busto de D. Pedro I na Praça Rubião Júnior (Largo do Rosário). Teve também a chegada dos romeiros que foram a pé até a Basílica de Aparecida - neste ano com homenagem póstuma ao empresário do ramo farmacêutico Rodrigo Ramos que integrava a romaria - e uma missa em Ação de Graças pelo aniversário da cidade na igreja matriz do Senhor Bom Jesus do Livramento.



* Da redação, com informações gentilmente cedidas pelo Cerimonial da Prefeitura de Bananal e fotos de Erich Aguiar.     

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.