Campanha busca recursos para custear curso de Luthier para aluno do Projeto AmoMúsica


A Amovale (Associação dos Moradores e Amigos do Vale da Bocaina) iniciou, neste primeiro mês de 2020, uma campanha visando arrecadar recursos para custear um curso de Luthieria para um jovem talento do Projeto AmoMúsica, tocado pela entidade.

Luthieria é a arte da fabricação artesanal de instrumentos musicais de cordas como viola, violão, violino, violoncelo, bandolim, etc

O jovem Jhon Davi Leme é um dos talentosos alunos que tocam viola de 10 cordas no projeto AmoMúsica, da Amovale. Com apenas 13 anos ele começou a aprender e, aos 15,confeccionou sua viola sozinho, sem recursos ou ferramentas próprias.

O forte interesse pela arte da Luthieria despertou quando ele participou de um curso de música. Conversando com um luthier, ele ficou sabendo mais detalhes sobre a construção artesanal dos intrumentos de corda e desde então passou a sonhar com a profissão.

"Sobre a construção dessa viola, nem sei como explicar porque eu comecei a fazer. Eu só sei que quando o luthier começou a falar achei muito interessante", conta o jovem aluno.

A mãe de Jhon Davi conta como ele buscou a matéria-prima para a construção de sua primeira viola. “Ele começou a catar umas madeiras no curral. Meu esposo reclamou que não era pra mexer nelas e falei: deixa ele. Ele quer fazer uma viola, então deixa ele tentar. Quando ele terminou de montar foi lá na sala e falou: mãe, acho que o negócio ficou bom, faz até um barulho legal. E eu falei assim: Não é que ele conseguiu mesmo!”



Morador do Km 30 da SP-247, o adolescente tem agora a oportunidade de fazer o curso de Luthieria para se aprimorar na arte.

O fato de ter construído o instrumento em condições totalmente adversas, sem a matéria prima ideal e sem as ferramentas adequadas é revelador de sua perseverança e vocação pela luthieria. Um talento natural, do sertão da Bocaina em Bananal, que merece ser aprimorado.

O Curso

As 20 aulas serão ministradas pelo renomado luthier Lucas Braz em Paracambi, na Baixada Fluminense. Além do curso, será necessário garantir o transporte e os kits para confecção dos instrumentos. “A minha intenção é ser um luthier como ele”, revela Jhon Davi se referindo ao mestre do curso.

Ele também não esconde o desejo de se aprimorar musicalmente para tocar como os artistas que lhe servem de referência: “Minha outra intenção é ser um músico bom mesmo, como o Henrique (Bonna) e o Almir Sater”, declara Jhon Davi, destacando o autor de “A Chalana”, uma das primeiras músicas a tocar em uma viola. “Meu grande sonho é conhecer e tocar com esse grande músico”, revela ele.

Duas violas serão confeccionadas durante as aulas. Uma delas ficará para Jhon Davi apresentar seu talento musical. A outra será sorteada entre as pessoas que comprarem a rifa da campanha no valor de R$ 50 reais.

O sorteio será no dia 14 de novembro de 2020, após a apresentação do Grupo Caipirando, dirigido por Henrique Bonna, no projeto "O Som da Bocaina".

Para colaborar com a campanha adquirindo a rifa, os colaboradores podem entrar em contato com um dos quatro responsáveis pela venda. Além do próprio Jhon Davi, os Amovalenses Luis Carlos Barbieri, Henrique Bonna e Ismael Amud.



Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.