Ações solidárias ajudam famílias mais vulneráveis de Bananal


Ações ajudam de forma imediata famílias não atendidas ou
sem condições de esperar ajuda do governo

Da Redação, com fotos de perfis em redes sociais

A extensão das crises sanitária e econômica ocasionadas pela pandemia da Covid-19 acentuou as dificuldades das pessoas mais vulneráveis financeiramente, trazendo, juntamente com o elevado número de óbitos e colapso dos sistemas de saúde, o agravamento das desigualdades sociais.

Em contrapartida, como uma espécie de barreira humanitária contra o caos nas comunidades mais carentes, multiplicaram-se pelo mundo as ações de solidariedade em seu socorro.  

O espírito humanitário aflorou também em Bananal com iniciativas de caráter solidário para socorrer as famílias em situação de vulnerabilidade. Pelo menos 3 ações neste sentido foram desenvolvidas no município nas últimas semanas. Em todas elas, a empatia e o espírito fraterno, tão característicos dos bananalenses, novamente se destacam.

Numa delas, em caráter mais reservado pelo WhatsApp, um advogado bananalense, que prefere se manter anônimo, angariou recursos para atender as famílias ainda não contempladas pelo Auxílio Emergencial do governo, já sem condições de adquirir remédios e alimentos.

A ação foi desenvolvida em conjunto com duas agentes comunitárias de saúde em Bananal que fizeram levantamento em localidades específicas para fazer a entrega de mantimentos àqueles que realmente necessitam. Alimentos e recursos financeiros doados serão empregados, além de cestas básicas, na aquisição de medicamentos e gás, conforme a necessidade das famílias atendidas.

Em outro ato solidário através do Instagram e do Facebook, o DJ Lipe promoveu junto com amigos de Bananal e de Barra Mansa a "Live Solidária Bananal" na tarde de ontem (21), buscando arrecadar alimentos e produtos de limpeza e higiene. Segundo um post publicado pelo DJ no Facebook, a iniciativa angariou mais de uma tonelada de alimentos. As doações ainda podem ser feitas até sexta-feira (24). Os contatos pelo WhatsApp para maiores informações são pelo DDD 24, números 99232-9571 (Tadeu) e 98139-8181 (Alex). 


Projeto S.O.S Bananal

Outra ação humanitária, iniciada nesta semana, é o "Projeto S.O.S Bananal" encabeçado pelo Restaurante B de Bocaina, localizado no Km da estrada SP-247, de acesso ao sertão mais famoso de Bananal.

A iniciativa mobiliza comerciantes e produtores locais na ajuda a famílias não contempladas com programas sociais do governo. O B de Bocaina pretende recolher doações e dialogar com os produtores locais para produzir e entregar alimentos a essas famílias desassistidas, ao mesmo tempo em que faz girar a economia local e a  atividade dos pequenos fornecedores de Bananal.

Os organizadores procuraram a prefeitura e, através do Cras, identificaram 24 famílias, aglutinando 107 pessoas, sem qualquer benefício governamental, passando extrema dificuldade para se alimentar. O acolhimento às famílias tem o objetivo imediato de proporcionar, no mínimo, uma refeição diária a cada um de seus membros.

Para tanto, foi efetuado um levantamento sobre os recursos necessários para atender cada pessoa individualmente ou família. O numerário para alimentar cada pessoa é R$ 70 (setenta reais). Para ajudar uma família inteira o valor necessário é de R$ 315 (trezentos e quinze reais).

Com esses critérios de distribuição, foi disponibilizada uma conta bancária (ver abaixo) onde podem ser feitas doações de qualquer valor. Estima-se que a somatória das contribuições permita se chegar aos valores almejados. Se a arrecadação superar a meta, será possível entregar duas refeições diárias para as 107 pessoas.

A conta bancária para doação de qualquer valor é:

Banco: Itaú
Agência: 0311
Conta Corrente: 47000-9
João Gomes
CPF: 124.388.407-06

Para maiores informações basta entrar em contato com o B de Bocaina através dos seguintes e-mail e WhatsApp:

e-mail: bdebocaina@outlook.com
WhatsApp: (12) 98165-0046








Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.