Queluz notifica primeira morte suspeita por Covid-19 no Vale Histórico


Homem de 61 anos, que aguardava internação psiquiátrica, evoluiu para vários sintomas da doença nesta sexta (10) e foi a óbito

Em nota informativa divulgada no início desta noite, a Prefeitura de Queluz divulgou a primeira notificação no Vale Histórico de uma morte suspeita por Covid-19.

Segundo a nota, um homem de 61 anos, portador de esquizofrenia, aguardava há 4 dias no hospital da cidade por uma vaga para internação psiquiátrica. Neste dia 10, ele apresentou um quadro de febre, bradicardia, tosse e insuficiência respiratória, estado compatível com os critérios para caso suspeito de infecção pelo novo coronavírus. 

"Foi prestada a assistência necessária e solicitado vaga de emergência para referência, porém o paciente evoluiu para óbito suspeito em investigação para COVID-19", informou a nota.

O município adotou então o protocolo determinado pelo Ministério da Saúde: a notificação de caso suspeito e coleta de material biológico encaminhado para análise no Instituto Adolfo Lutz. "Quando o resultado for liberado a informação será repassada aos familiares e atualizada através do “Boletim Oficial da Prefeitura sobre COVID19”, diz a nota. As pessoas que entraram em contato com o paciente estão sendo monitoradas pela Vigilância Epidemiológica.

O boletim informa também que 02 casos são monitorados em isolamento domiciliar e que existem outros 3 casos suspeitos naquele município. Dentre eles está um homem com idade não mencionada e uma mulher de 51 anos.




* Atualizada às 23h09 para acréscimo de dados.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.