Bananal atinge 141 casos suspeitos e 35 confirmados de covid-19 nesta quinta-feira(16)


No dia em que o Brasil ultrapassa 2 milhões de casos acumulados, Bananal registra 10 novos pacientes positivados e mais 27 suspeitos de contaminação colocados em isolamento 

Por Ricardo Nogueira, com informações da Agência Brasil e Governo de SP

Dados divulgados no boletim epidemiológico de Bananal nesta quinta-feira, 16 de julho, mostram um novo salto nos indicadores de casos positivados e também nos suspeitos de terem contraído o novo coronavírus na área territorial do município.

Os diagnósticos positivados para covid-19, que ontem eram 25, aumentaram em 10 casos nas últimas 24h e agora somam 35 desde o início da pandemia. São 25 em isolamento domiciliar, 2 internados em unidade hospitalar fora do município e 8 pacientes recuperados.

Diretamente ligado ao surgimento dos casos que testaram positivo, o número de casos suspeitos, que ontem estava em 114, chega agora a 141, com 1 paciente internado aguardando exames e os demais 140 isolados em seus domicílios.

O momento requer serenidade da população e engajamento na adoção das medidas preventivas de higiene  e comportamento social para evitar o alastramento do vírus.

O agravamento da situação refletirá em medidas mais severas a serem regulamentadas em novo decreto do Poder Executivo. Foi o que revelou o prefeito Carlindo Nogueira Rodrigues em vídeo publicado em rede social no início desta noite. Ele abordou também, dentre outros assuntos, a atuação redobrada na fiscalização a pessoas que descumprem a notificação de isolamento social da vigilância epidemiológica e continuam circulando pelas ruas.


Brasil chega a 2 milhões de casos

Nesta quinta-feira (16), o Ministério da Saúde divulgou que o novo coronavírus atingiu 2.012.151 de pessoas no Brasil desde o início da pandemia. Desse total, 1.296.328 pacientes conseguiram se recuperar da covid-19, doença que causou a morte de 76.688 brasileiros. Atualmente, 639.135 pacientes estão em tratamento.

Nas últimas 24 horas, o país registrou 45.403 novos casos da doença e confirmou mais 1.322 óbitos em decorrência do novo coronavírus. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,8 %. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 36,5. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 957,5.


São Paulo

O Estado de São Paulo registra nesta quinta-feira 19.038 óbitos e 402.048 casos confirmados do novo coronavírus. Dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 636 cidades, sendo 423 com um ou mais óbitos.

Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 252.699 pessoas estão recuperadas, sendo que 56.057 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

O número de pacientes internados é de 14.866, sendo 8.884 em enfermaria e 5.982 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 da manhã de hoje.

Perfil da mortalidade

Entre as vítimas fatais estão 11.004 homens e 8.034 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,7% das mortes.

Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (4.679), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (4.443) e 80 e 89 anos (3.802). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (25), 10 a 19 anos (35), 20 a 29 anos (160), 30 a 39 anos (620), 40 a 49 anos (1.324), 50 a 59 anos (2.647) e maiores de 90 anos (1.303).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,5% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (11%) e renal (9,8%), pneumopatia (8,3%). Outros fatores identificados são obesidade (7,1%), imunodepressão (6%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 15.236 pessoas que faleceram por COVID-19 (80%).

Perfil dos casos

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 190.112 homens e 211.540 mulheres. Não consta informação de sexo para 396 casos.

A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (97.408), seguida pelas faixas de 40 a 49 (87.349), 50 a 59 (62.457), 20 a 29 (61.806), 60 a 69 (37.194), 70 a 79 (19.995), 10 a 19 (14.258), 80 a 89 (10.521), menores de 10 anos (7.844) e maiores de 90 (2.965).

Não consta faixa etária para outros 251 casos.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.