Plano de vacinação contra Covid-19 em São Paulo começa no dia 25 de janeiro

 


Primeiro grupo a ser imunizado, profissionais da saúde, indígenas e quilombolas receberão a primeira dose em 25 de janeiro e a segunda dose em 15 de fevereiro

Por Ricardo Nogueira com informações do Governo de SP

O governo de São Paulo anunciou em coletiva de imprensa no início da tarde desta segunda-feira (7) a primeira fase do Plano Estadual de Imunização (PEI) contra a Covid-19 em todo o estado. A Gazeta de Bananal retransmitiu a coletiva em sua página no Facebook.

O cronograma prioriza a imunização de profissionais da saúde, indígenas e quilombolas, a partir de 25 de janeiro (1ª dose), seguidos pelos idosos com idade a partir de 60 anos.

A CoronaVac tem duas doses e, portanto, cada grupo tem duas datas para fazer a primeira e a segunda aplicação. A vacinação será gratuita. O imunizante aguarda autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), necessária para colocar a substância em circulação.

Logística:

São Paulo tem atualmente 5.200 postos de vacinação espalhados pelos 645 municípios do estado. A meta é que a ampliação dos postos chegue ao número de 10 mil, prevendo o uso de escolas, quartéis da Polícia Militar, terminais de trem e de ônibus, farmácias e sistemas drive-thru.

Para a execução do plano, serão utilizadas 18 milhões de doses da vacina, 54 mil profissionais da saúde, 27 milhões de seringas e agulhas, 5.200 câmaras de refrigeração, 25 pontos de armazenamento e distribuição, 30 caminhões refrigerados de distribuição diária, 2.100 viagens em todo o período de vacinação e 25 mil policiais para escolta das vacinas e segurança dos locais de vacinação.



Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.