Doses da Coronavac chegam a Bananal nesta quinta (21) para vacinação dos profissionais da saúde

 

Município receberá 146 doses da vacina, priorizando a imunização dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia

Por Ricardo Nogueira

Bananal receberá nesta quinta-feira, 21 de janeiro, 146 doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac da China, para a imunização dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia de Covid-19.

As doses destinadas aos municípios da Regional de Saúde de Taubaté chegaram ao Centro de Distribuição na terça-feira, dando início à logística de destinação final para cada localidade.

As doses para Bananal foram agendadas para sair às 10 horas da manhã de Taubaté. Cada município está incumbido de buscar as doses no Centro de Distribuição.

"Nós vamos receber 146 doses, que serão destinadas aos profissionais de saúde que atuam diretamente com o Covid. A segunda dose está programada para 21 dias após a primeira. As próximas etapas dependerão das decisões do estado de São Paulo e do Ministério da Saúde", informou o secretário de saúde de Bananal, Cláudio Souza.

Os municípios de maior porte deram início à vacinação na quarta-feira (20). A primeira imunizada na região foi a técnica em enfermagem Juliana Santos, de 33 anos, que trabalha no Hospital Regional de São José dos Campos. A cerimônia realizada na manhã de ontem contou com a presença do governador de São Paulo, João Doria. Foram destinadas 11 mil doses para São José dos Campos. Ao longo do dia, os demais municípios do chamado Alto Vale do Paraíba, como Jacareí e Caçapava, também deram início à imunização.

Logo após o início da vacinação, Doria fez o anúncio de ampliação de leitos de UTI na região. “Quero também dar aqui uma boa notícia. Estamos liberando 40 novos leitos de UTI para o Vale do Paraíba. Serão 10 leitos para o Hospital Regional de São José dos Campos, 20 para o Hospital Universitário de Taubaté e 10 para o Hospital Regional de Caraguatatuba”, destacou.

As doses da vacina começaram a chegar no Litoral Norte e Médio Vale durante a tarde. Guaratinguetá recebeu seu lote no início da noite. Com a chegada das vacinas no Circuito da Fé e Vale Histórico, a previsão é de que a imunização de boa parte dos profissionais da saúde da região metropolitana do Vale do Paraíba (RM Vale) esteja concluída até sexta-feira (22).

A chegada das doses da Coronavac em Bananal terá a cobertura da Gazeta no transcorrer do dia.

Logística e distribuição das vacinas

A distribuição das vacinas, seringas e agulhas para o interior começou na segunda-feira (18) para os cinco hospitais-escola do interior. Ainda na segunda, os Hospitais das Clínicas de Campinas e de Botucatu já começaram a aplicar as doses em suas equipes; na terça (19), o mesmo ocorreu no HC de Ribeirão Preto e no Hospital de Base de São José do Rio Preto, dando continuidade à campanha que começou no domingo (17) no HC de São Paulo, minutos após aprovação do uso da vacina do Instituto Butantan pela Anvisa.

Ontem, mais caminhões com grades de vacinas e insumos saíram do Centro de Distribuição e Logística (CDL), na capital, rumo a polos regionais para redistribuição às Prefeituras, com recomendação de prioridade a profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia. Os municípios também deverão imunizar a população indígena com apoio de equipes da atenção primária do SUS, segundo as estratégias adequadas ao cenário local.

Cada serviço de saúde será responsável pelo preenchimento dos sistemas de informação oficiais definidos pela Secretaria da Saúde para monitoramento da campanha.

A divisão das grades considera o quantitativo proporcional de vacinas esperado para São Paulo conforme o PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde. O total de 1,5 milhão de doses é a referência para trabalhadores de saúde, baseado na última campanha de vacinação contra a gripe.

A campanha de imunização contra a COVID-19 em São Paulo será desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do órgão federal. À medida que o Ministério da Saúde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação contra a COVID-19 serão divulgados pelo Governo de São Paulo.

Primeira bananalense imunizada

No Rio de Janeiro a aplicação do imunizante ocorreu ao longo da quarta-feira, incluindo o Sul Fluminense e a Costa Verde do litoral do estado.

Em função disso, a primeira pessoa nascida em Bananal vacinada contra Covid-19 foi imunizada contra a Covid-19 fora do município.

Em Angra dos Reis,  a bananalense Denise Cabral, técnica de enfermagem que atua naquele município da Costa Verde fluminense, foi imunizada logo pela manhã do dia 20 de janeiro. O registro da imunização foi enviado por seus familiares para a Gazeta de Bananal que publicou o vídeo em sua página no Facebook.




Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.