Bananal registra a 19ª morte por Covid-19 na pandemia. Semana totalizou 21 novas contaminações.

 

Semana Epidemiológica incluiu 21 novos infectados no quadro de infecção do município

Por Ricardo Nogueira, com informações do Governo de SP e Agência Brasil

O boletim epidemiológico deste domingo, que abre a 17ª semana epidemiológica de 2021, registra o 19º óbito em decorrência de infecção pelo novo coronavírus na cidade ao longo dos 13 meses de pandemia. Inserido no contexto do indicador de casos confirmados, esse número se soma a outros 56 casos ativos (4 deles internados e os demais isolados em casa) e 977 recuperados, totalizando 1.052 diagnósticos positivados na pandemia.

Uma morte ainda figura como suspeita no boletim, que aponta também uma pessoa internada e outras 99 com suspeita de infecção em isolamento domiciliar. Os casos descartados em Bananal totalizam 1.673 com exames que testaram negativo.

A 16ª semana epidemiológica (entre 18 e 24 de abril), fechou no sábado com 21 novos casos de contaminação. Eram 1031 no domingo, dia 18, e passaram para 1.052 ontem, dia 24.

RM Vale

A região metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, atingiu, a uma semana de fechar o mês de abril, o recorde no registro de óbitos. O recorde anterior era o registrado nos 31 dias de março. A média na RM Vale ultrapassa 30 mortes por dia e a região está prestes a ultrapassar 4 mil mortes em toda a pandemia. Número similar ao da população de São José do Barreiro ou a 40% da população de Bananal.

Indicadores em São Paulo

A letalidade no estado está diminuindo.

Com base no fechamento dos números da 16ª semana epidemiológica, o Estado de São Paulo registrou uma queda de 21,8% de novos óbitos com relação a semana anterior. Os dados fechados da semana epidemiológica 16, mostram também redução de 15,7% no número de novos casos e de 6,8% de novas internações.

Ontem (24) eram 2.827.833 casos e 92.548 óbitos desde o início da pandemia. Nas últimas 24h foram registrados 16.271 casos e 875 mortes. Entre os casos, 2.462.293, tiveram a doença e já estão recuperados, sendo que 288.023 foram internados e receberam alta hospitalar.

São no estado 22.739 pacientes internados, sendo 10.678 em unidades de terapia intensiva e 12.004 em enfermarias. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 79% e na Grande São Paulo é de 78,2%.

Brasil

Números divulgados pelo Ministério da Saúde minutos antes do fechamento desta matéria, incluindo indicadores deste domingo, o Brasil tem no acumulado desde o início da pandemia 14.340.787 casos confirmados da doença e 390.797 mortes registradas. Os casos de recuperados somam 12.809.169.

Nas 24 horas desde o boletim de ontem (24), o ministério registrou 32.572 novos casos e 1.305 mortes. 

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 2.834.321 casos e 92.693 óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (1.323.153 casos e 32.318 óbitos); Rio Grande do Sul (948.958 casos e 24.196 óbitos) e Paraná (929.097 casos e 21.564 óbitos).

De acordo com o Ministério da Saúde, 3,5 mil casos estão em investigação.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.