Termômetro registra 0°C em sertão da Bocaina em Bananal

 


Segundo morador, temperatura foi de -2ºC durante a madrugada no sertão do Rio Vermelho, subindo para 0°C no início da manhã desta quinta-feira

Por Ricardo Nogueira, com informações do Climatempo

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 1º de julho, um termômetro instalado em propriedade no sertão do Rio Vermelho, na Serra da Bocaina em Bananal, registrou 0°C de temperatura. No mesmo período, a área urbana da cidade atingiu cerca de 4°C.

No sertão do Rio Vermelho, próximo ao Bracuí, na divisa com Angra dos Reis, imagens e fotos gentilmente cedidas pelo morador Sérgio Roberto Resende mostram o termômetro e a vegetação coberta por uma tênue camada de gelo. Segundo o morador, durante a madrugada a temperatura chegou a -2°C, mas só no início da manhã ele fotografou o termômetro.

As baixas temperaturas vem batendo recordes pelo país em decorrência de uma forte massa de ar frio de origem polar intensificada na Argentina e que vem passando pelo Sul e Sudeste do Brasil.

A Defesa Civil de São Paulo emitiu alerta para as baixas temperaturas na capital e no interior. No dia 30 de junho São Paulo bateu recordes de baixa temperatura, já com expectativa de queda maior na madrugada deste dia 1º de julho. O Rio de Janeiro teve a temperatura mais baixa dos últimos 10 anos ao registrar 8,7°C  na estação automática da Vila Militar (INMET).

Segundo o Climatempo, a tendência é que o frio da madrugada já diminua nos próximos dias. As tardes também serão menos frias. As temperaturas sobem de forma gradativa até o fim de semana.

Previsão do Climatempo mostra que o mês de julho começa com muito sol, céu azul e ar muito seco na maioria das áreas do país. Por causa da secura do ar, quase todo o país fica sem chuva, mas isto é normal para esta época do ano, e principalmente na presença de ar frio polar, como agora. Esse ar é gelado e seco.

Neste 1º de julho o dia amanheceu muito frio nos estados do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, no Acre, em Rondônia e no sul do Amazonas.

Por causa do frio intenso, é alto o risco de geada ao amanhecer em quase todo o interior do Sul do Brasil, no centro, oeste, norte e sul de São Paulo, no centro-leste e  sul de Mato Grosso do Sul, no sul de Goiás, no Sul de Minas, no Triângulo Mineiro e na Mantiqueira, na divisa entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.     

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.