Obelisco do "Largo do Rosário" completa 100 anos hoje.

Monumento foi erguido pela Câmara Municipal em 1911 para celebrar centenário da Paróquia de Bananal.


Um dos principais marcos históricos de Bananal completa 100 anos neste dia 26 de janeiro.
O obelisco da Praça Rubião Júnior, antigo Largo do Rosário, foi inaugurado em 1911 para celebrar o centenário de criação da Paróquia do Senhor Bom Jesus do Livramento.  A Câmara Municipal, que na época tinha atribuições de Poder Executivo, foi responsável pela obra.
Construído em mármore nobre, o obelisco é uma pedra monolítica, de base quadrangular, colocada em posição vertical, que vai se afunilando até um topo pontudo. Normalmente, é decorado com inscrições gravadas nos quatro lados de sua base.
Este tipo de monumento é inspirado numa tradição que vem desde o Egito Antigo, visando “proteção” ou “defesa”. Segundo a crença, a agulha de pedra teria a função de perfurar as nuvens e dispersar forças negativas. Tal como acontece com as pirâmides, obeliscos tem relação primitiva com o culto ao sol.
O obelisco de Bananal, cuja ponta hoje em dia está quebrada, tem inscrições quase apagadas pelo tempo e lidas com dificuldade pelos interessados.
Num ano em que a Igreja Matriz completa 200 anos, seria oportuno que o obelisco merecesse limpeza e reparos, principalmente em sua ponta e nas inscrições em relevo que nossos antigos conterrâneos acreditavam estar deixando para a posteridade.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.