Corpus Christi: tapetes mesclaram temas religiosos e ecológicos.

Tapete ornamental confeccionado na subida da Praça Monsenhor Cid França Santos, subida para a Igreja Matriz


Os devotos que prepararam os tapetes artesanais nas ruas do centro de Bananal para a procissão de Corpus Christi em 2011 mesclaram  temas tradicionais da celebração religiosa com mensagens pela preservação do planeta.
Boa parte das mensagens de cunho ecológico eram desenhos de crianças das escolas municipais.  Também foram estilizados “vitrais” da hóstia consagrada, da Igreja Matriz de Bananal (menção aos seus 200 anos), do Sagrado Coração de Jesus e do Espírito Santo, dentre outros.
Em quase todo o trajeto os tapetes foram enfeitados com serragens coloridas e variados tipos de ornamentos. A utilização de folhagens foi pouco verificada, mostrando que os fiéis artistas tiveram muito trabalho.
     O empenho foi acompanhado por conterrâneos e turistas que demonstraram grande admiração ao final dos trabalhos.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.