PMDB é dissolvido em Bananal ocasionando incertezas e debandada de filiados.

Diretório apresentará recurso junto à Executiva Nacional em Brasilia.

  Uma decisão da Comissão Executiva Provisória do PMDB em São Paulo mexeu no tabuleiro politico de Bananal.
  No último dia 31 de agosto foi dissolvido o Diretório Municipal do PMDB no município, sendo nomeada uma Comissão Provisória composta por pessoas diretamente ligadas ao prefeito David Morais.
   O blog apurou que o Diretório de Bananal, que faz oposição ao prefeito e pretende lançar candidatura própria, consultou advogados do PMDB em Brasilia e vai interpor recurso junto à Executiva Nacional da legenda, que terá um mês para julgar o caso.
    Como este prazo se dará após a data limite de filiações para quem pretende concorrer a cargos eletivos no próximo ano (para vereador ou prefeito), o quadro de incertezas da legenda representa sérios riscos aos candidatos, uma vez que qualquer deliberação ou filiação pode ser anulada posteriormente.
   Exatamente em função disso, em apenas dois dias, mais de uma dezena de pessoas pediram sua desfiliação do PMDB em Bananal.
   A decisão da direção em São Paulo causou indignação em peemedebistas históricos da cidade, que não só mostraram disposição de lutar pela legenda como até mesmo de ingressar na justiça para contestar a legitimidade da Executiva Estadual. 
   Uma fonte ouvida pelo blog em São Paulo  explicou o furacão que está implodindo o PMDB paulista: "Na prática o que está ocorrendo é uma dissolução de todos os diretórios ligados ao ex-governador Orestes Quércia (falecido no ano passado). Inicialmente esses diretórios, incluindo o de Bananal, irão buscar defesa nas instâncias do partido. Argumentos não faltam até mesmo para questionar essa Executiva Estadual, que é provisória, e no nosso entendimento não tem legitimidade para tomar essas decisões. Serão centenas de diretórios, dissolvidos arbitrariamente, brigando para reverter esse quadro nefasto que se estabeleceu em São Paulo. Infelizmente temos que admitir que qualquer candidatura do PMDB nessas cidades corre o risco de não serem válidas, mesmo porque poderemos até mesmo ingressar na justiça e isso se estender até o período eleitoral. Alguns diretórios, como o de Mauá por exemplo, até já fizeram isso". 
  Em breve, o blog apresentará uma matéria detalhando tudo o que aconteceu nos bastidores dessa decisão e as consequências disso nas eleições em Bananal.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.