BANANAL – 180 ANOS DE EMANCIPAÇÃO.




  “Bananal.

  Estrela faceira que pontilha neste instante o azul diáfano do céu, brilhante, a refulgir seus dardos luminosos, fulgurantes, sobre um fragmento do grandioso Brasil, sobre um pedaço de terra paulista, sobre o terrão acobertado por exuberante vegetação banhado por águas puríssimas e cristalinas...

  Bananal tão querida de seus filhos, gloriosa, rica, cheia de vida e opulência no passado e que rompe o negror das nuvens, para brilhar soberba num dilema de luz, de raios cintilantes.
Pelas palmas verdejantes das altaneiras palmeiras que se erguem garbosas  enfeitando o solo da Bananal, soluça de mansinho a tépida brisa, murmurando uma prece para a Imaculada Virgem, prece essa que suavemente sobe em espirais , num ritmo harmonioso, numa súplica, para que o Rei dos reis, lá das incomensuráveis alturas, abençoe seus habitantes.

  Com certeza os vindouros, mimados pelo mesmo surto de grandeza, continuarão sem esmorecimento a obra começada.

  São recordações do passado... dos feitos de seus homens até o momento presente, deixando transparecer a cada uma das fases de sua evolução um misto de progresso, de estímulo, de abnegação e amor”

Carlos Cheminand

Nesta data especial, comemorativa pelos 180 de emancipação politico-administrativa do município, o blog aproveita para veicular texto do maior Jornalista da nossa história: Carlos Cheminand. No próximo dia 13 de julho completam-se 45 anos da morte do incomparável gênio das palavras e da perseverança, que dedicou sua vida e a pureza de seu idealismo ao Progresso de Bananal.



  
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.