Vereador cobra esclarecimento público do prefeito de Bananal sobre afastamento do cargo.


Na sessão ordinária que marcou o retorno dos vereadores de Bananal ao plenário Ernani Graça no dia 03 de agosto, o vereador Daniel Tressoldi (PV) cobrou do prefeito de Bananal, Jorge da Silva Rodrigues Filho (PSDB), o Peleco, um posicionamento público perante a Câmara para esclarecer o episódio que motivou o seu afastamento do cargo entre os dias 30 de junho e 18 de julho.

A decisão proferida em caráter liminar pelo Juízo da Comarca de Bananal em 1ª instância, a pedido do Ministério Público, foi revertida pela defesa do prefeito no Tribunal de Justiça e ele retomou o cargo em 19 de julho.   

O assunto não foi abordado por nenhum edil no transcorrer da sessão. Após quase duas horas de reunião plenária, Daniel Tressoldi fez sua manifestação na fase de Explicações Pessoais, quando foi o penúltimo a falar: "Eu acho que não adianta tapar o sol com a peneira. Nosso município passa por uma fase difícil (...) O prefeito saiu e retornou (...) Não o vi até agora, mas acho que, no mínimo, seria respeitoso da parte dele vir nessa Casa e apresentar a explicação dele."

O vereador mencionou o recebimento do processo por improbidade e dano ao erário encaminhado pelo Ministério Público ao Legislativo: "Um processo de mais de 700 páginas (...) e a gente é muito cobrado nas ruas (...) Não sei quanto aos demais vereadores, mas todas as pessoas me perguntam qual é a explicação do prefeito. Não sei os outros vereadores, mas eu não sei. Não sei o que responder. Não sei qual é a explicação dele. (...) Não é obrigação dele vir aqui se explicar por um processo cível, mas seria, no mínimo, elegante.

Daniel Tressoldi reafirmou a intenção de apoiar quem estiver disposto a trabalhar por Bananal, independentemente de quem estiver à frente do Poder Executivo e cobrou de Peleco a postura de enfrentar o problema de frente: "Ele tem que aproveitar esse momento que retornou para sacudir a poeira e dar a volta por cima. Se ele se mostrar capaz de mudar e de melhorar ele pode continuar contando com o meu apoio (...) mas ele tem que mostrar a que veio. Já que retornou, que faça por onde merecer os 3 mil e poucos votos que teve. Porque nós aqui na Câmara sofremos com a ineficiência do Poder Executivo".

Ao encerrar seu pronunciamento, o vereador reafirmou a cobrança sobre o prefeito: "Volto a dizer, se ele estiver me escutando: Seria respeitoso vir aqui e dar uma explicação para a gente. A população quer essa explicação e nós vereadores somos os olhos, ouvidos e a boca do povo. É por isso que estou dizendo isso. Não vou me calar em momento nenhum. Não vou me privar, ou ter pudor de criticar o que tiver de criticar ou elogiar o que tiver de elogiar. Espero que o prefeito aceite esse meu convite de vir se explicar para a gente".



Ouça a íntegra do pronunciamento de Daniel Tressoldi no plenário.
   
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.