Pacientes com suspeita de coronavírus tiveram alta médica em S. J. dos Campos


Casos suspeitos em São José dos Campos nem entraram nos registros oficiais. No Estado, até o momento, são 4 casos suspeitos na capital e 3 no interior (Americana, Paulínia e Santo André)

Da Redação, com informações da Prefeitura de S.J. dos Campos e do Governo de SP - *Atualizada às 17h58

A Prefeitura de São José dos Campos divulgou na manhã desta sexta-feira (31) que a Vigilância Epidemiológica foi notificada da alta médica de dois pacientes internados em hospitais privados da cidade com suspeita de coronavírus. Como os exames laboratoriais não confirmaram o contágio, eles já voltaram para suas casas. As amostras biológicas dos dois foram encaminhadas para o Instituto Adolfo Lutz.

São José dos Campos é, até o momento, o único município com registro de casos suspeitos no Vale do Paraíba e concentra as atenções dos demais municípios. Além de maior cidade da Região Metropolitana, é pólo de desenvolvimento, apelidado de "Capital do Vale", atraindo cidadãos de todos os municípios da região.

A cidade concentra esforços para evitar pânico, ao mesmo tempo em que busca intensificar a divulgação de orientações sobre as medidas de precaução contra a doença. Os cuidados com a higiene pessoal são fundamentais: lavar as mãos frequentemente e usar álcool gel.

Os dois casos suspeitos

A primeira notificação de suspeita de caso de coronavírus em São José foi o de uma mulher de 51 anos, cujo marido esteve na China a trabalho. Ela procurou o hospital na quarta-feira (29) após três dias sentindo fraqueza, com quadro de febre, coriza, tosse e dor de cabeça (cefaleia).

A segunda notificação veio no dia seguinte (30). Um homem de 37 anos que ficou duas semanas na China.

Os dois pacientes foram isolados e medicados com Tamiflu enquanto se aguardava o resultado dos exames. As autoridades locais enfatizaram a adoção de todos os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde.


7 casos suspeitos no Estado

A Secretaria de Estado da Saúde de SP está monitorando sete casos suspeitos de Coronavírus, sendo quatro na capital e três no interior (Paulínia, Americana e Santo André).

Os casos suspeitos em São José dos Campos foram notificados pela Prefeitura ao Estado, mas nem entraram nos registros oficiais.

Até o momento, não há caso confirmado de coronavírus nem em São Paulo, nem no Brasil. Os dados oficiais estão sendo registrados pelos municípios em um sistema de notificação do Ministério da Saúde. Eventuais novos casos suspeitos ou confirmados, são divulgados diariamente pela Secretaria.

Entre os casos de São Paulo, são três adultos e uma criança. Os casos do interior são dois adultos, de Santo André e Paulínia, e uma criança de Americana. Todos os casos têm registros de visita à China.

Os sete casos suspeitos são estão bem, estáveis e recebendo cuidados em casa em isolamento domiciliar, ou seja, com restrição de contatos com pessoas e ambientes externos.

Os familiares dos pacientes com suspeita da doença estão sendo orientados sobre as medidas necessárias para se prevenirem, como uso de máscaras, higienização das mãos e não compartilhamento de objetos de uso pessoal, bem como sobre os cuidados requeridos para os pacientes, que incluem hidratação e a permanência em casa, sem circulação por outros locais e evitando contato com familiares e amigos, por exemplo.

Plano de Ação no Estado

Em coletiva para a imprensa no início da tarde, o governador João Doria anunciou, com o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o Secretário de Estado de Saúde, José Henrique Germann, o plano de prevenção e a formação de um comitê estratégico para ações relacionadas ao coronavírus. Assista o vídeo abaixo:

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.