Bloco Pé-de-Cana terá concentração embalada por marchinhas e desfile com Trio Elétrico e bateria.


Resgatado no carnaval do ano passado pelos amigos Neto Paciello e Diego Zoccola, o Bloco Pé-de-Cana voltou com estilo, sem abdicar da animação contagiante que o tornou famoso nas décadas de 70 e 80 no Carnaval de Bananal.


Reconfigurado para o século 21,  "unindo tradição e inovação", o bloco proporciona vários atrativos exclusivos para o seu cordão de foliões, resgatando desde o ambiente dos tradicionais bailes de salão na concentração, até o desfile embalado por samba, com uma quentíssima bateria.

Com desfile programado para as 23 horas, fechando as apresentações da Manoel de Aguiar na segunda-feira de Carnaval (24), o Pé-de-Cana já contagia seus brincantes na concentração, marcada para as 17 horas no salão paroquial ao lado da igreja da Boa Morte. Animados pela contagiante banda de marchinhas Tereza Cristina e pelo DJ Ronann, os foliões do Bloco tem a garantia de iniciar e "esquentar" seus momentos de alegria em um ambiente seguro e familiar.


Na avenida, com os tradicionais "adereços de mão" de pés de cana, o Bloco vem acompanhado por Trio Elétrico e a bateria "Super Show", integrada por ritmistas de Volta Redonda. "Eles virão puxando o bloco na avenida cantando os sambas-enredo que marcaram época. O cantor e o cavaquinista em cima do Trio e a bateria embaixo, como é no Rio de Janeiro", detalhou Neto Paciello ao jornal.

O 1º lote de abadás do bloco se esgotou no início de fevereiro. Na aquisição do kit, os foliões foram incentivados a doar 1 kg de alimentos não perecíveis para instituições de caridade em Bananal.

Um novo lote de abadás ainda pode ser adquirido na Loja "Rei da Roça", situada no trecho principal da Manoel de Aguiar. Por apenas R$ 30,00, o folião tem acesso à concentração do bloco e a desfilar na avenida.
     

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.