Bananal: suspeita de Covid-19 salta para 16 casos. Isolamentos domiciliares chegam a 19.


Aumento coincide com período de incubação de 14 dias do vírus, quando ocorreram a suspensão da barreira sanitária recomentada pelo Ministério Público
e o relaxamento em relação ao isolamento social

O boletim epidemiológico divulgado agora há pouco pela prefeitura de Bananal mostra um crescimento significativo no número de casos suspeitos no município em apenas 24 horas. De apenas um caso, registrado desde o dia 5 de abril, o quadro saltou para 16, ou seja, surgiram 15 casos de um dia para o outro.

O número de isolamentos domiciliares também saltou de 3 para 19 de ontem para hoje.

O novo quadro do município coincide com o relaxamento de boa parte da população nas últimas semanas em relação ao distanciamento social. É visível pelas ruas o aumento da movimentação das pessoas.

A piora nos indicadores também coincide com o período pós-desmobilização das barreiras sanitárias, ocorrida em 27 de março, por recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Embora não seja possível determinar precisamente um motivo específico, o período se encaixa nos 14 dias de incubação do vírus apontado pelos cientistas. Desde o último final de semana de março, o município voltou a receber visitações de veículos com turistas, além de praticantes de motociclismo e ciclismo de outras localidades. 

Em seguidos vídeos diários gravados para divulgar o quadro epidemiológico, o prefeito Carlindo Nogueira Rodrigues e o Secretário de Saúde, Pedro Luiz Santos Fonseca, relataram ter feito várias abordagens a ciclistas e motociclistas para pedir que voltassem para suas respectivas cidades de origem. No mesmo sentido, reiteraram pedidos para a população não dar ouvidos para orientações contrárias ao isolamento social e ficasse em casa.

As barreiras sanitárias só foram retomadas na segunda semana de abril. Mesmo assim, em caráter de conscientização, sem barrar a passagem dos veículos.

Se até ontem poderia se cogitar que o novo coronavírus ainda não circulava em Bananal, hoje essa colocação, pela quantidade de casos suspeitos, não pode mais ser afirmada.

A retomada da conscientização sobre o distanciamento social e o acompanhamento dos números nos próximos dias é essencial para a população tomar ciência do quadro de riscos de infecção. O surgimento da Covid-19 em Bananal, se algum caso for confirmado, pode representar transtornos inimagináveis para as vítimas e seus familiares.

Seja pela quantidade de leitos e respiradores disponíveis (em Bananal e no hospital de referência), seja na quantidade limitada de veículos para transferências, ou mesmo pelo total distanciamento da família ao qual os pacientes confirmados terão que se sujeitar.

Esse cenário, tão temido pelas autoridades municipais, será pauta do jornal nos próximos dias.


Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.