Listagem confirma alunos da rede estadual em Bananal aptos a receber o Merenda em Casa


Valor-base é de R$ 55 mensais; alunos em situação mais vulnerável
receberão subsídio dobrado por dois meses

Da Redação, com informações da Ascom do Governo de SP

O programa Merenda em Casa, voltado para alunos da rede de ensino estadual começou a ser disponibilizado para Bananal e região desde a última sexta-feira (10). Eles receberão subsídio no valor-base de R$ 55 mensais para a compra de alimentos.
Uma página associada à escola estadual Visconde de São Laurindo no Facebook divulgou a lista dos alunos contemplados, com seus respectivos responsáveis cadastrados no Cad-Único (ver ao final a matéria)
Anunciado no dia 25 de março, o programa iniciou a divulgação das listagens de alunos no dia 8 de abril, para cerca de 99,2 mil estudantes da rede estadual da Região Metropolitana de São Paulo. Nos dias 9 e 10 de abril, foram feitas as liberações para outras regiões administrativas. 
Em todo o Estado, o benefício é oferecido a 732 mil estudantes cujas famílias obtêm o valor do Bolsa Família ou vivem situação de extrema pobreza e não recebem o benefício federal, de acordo com o Cadastro Único, do Ministério da Cidadania.
Durante dois meses, o benefício para 113 mil estudantes mais carentes será dobrado e passará para R$ 110. A verba extra será garantida por meio de uma iniciativa da Comunitas, organização social especializada em parcerias público-privadas. O grupo iniciou a mobilização de recursos privados para potencializar esforços e levar renda para as famílias mais vulneráveis do Estado.
O repasse de R$ 55 é subsidiado integralmente pelo Governo de São Paulo e será oferecido enquanto as aulas da rede pública estadual permanecerem suspensas.
O pagamento será feito por meio do aplicativo PicPay, que pode ser usado em qualquer smartphone. O cadastro no aplicativo deve ser realizado no nome do responsável pela família de cada estudante com direito ao subsídio.
“Não permitiremos a cobrança de nenhum tipo de taxa dessas pessoas. Então, a PicPay vai garantir o pagamento de todas as taxas. Isso foi uma condição colocada para que o dinheiro público e o dinheiro dos parceiros sejam utilizados integralmente pelas pessoas”, explicou o Secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares. 
“Neste momento, a decisão é para atender 60 dias, mas se for necessário, dadas as circunstâncias e seguindo a orientação médica, nós poderemos estender por um período ainda maior”, enfatizou o governador João Doria.
Os responsáveis pelos alunos que forem beneficiários do Bolsa Família e/ou inscritos na CadÚnico que não estiverem na relação, devem entrar em contato com a escola, via chat do Facebook, até a próxima quarta-feira (15)
Para acessar a página do Programa Merenda em Casa clique na imagem abaixo:

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.