Estado distribuirá 15 novos respiradores para a região. Queluz receberá 4 deles.


Equipamentos permitem ampliação de leitos de UTI para casos graves de COVID-19 em serviços de saúde localizados em Queluz, Pinda, Taubaté e outras 21 cidades paulistas

Por Ricardo Nogueira, com informações do Governo de São Paulo

O Governo do Estado distribui, nesta semana, mais 100 respiradores para 24 cidades do litoral, Grande São Paulo e interior, incluindo Queluz no Vale Histórico. Os novos equipamentos permitem a abertura de novos leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e, assim, garantem atendimento aos casos graves provocados pelo novo coronavírus.

A região do Vale do Paraíba receberá mais 15 equipamentos, sendo 5 para o Hospital Municipal Universitário de Taubaté e 5 para o Hospital de Campanha de Taubaté, ambos no município; além de 1 para a Prefeitura de Pindamonhangaba e 4 para Hospital Municipal de Queluz.

A abertura dos novos leitos na região, especialmente em Queluz, chega em momento crítico para os municípios do Vale Histórico, onde os indicadores mostram elevação de casos confirmados e suspeitos naqueles de menor porte e pouco estrutura de enfrentamento da doença. A situação da microrregião que tem Cruzeiro como referência vem sendo um contraponto a outras sub-regiões, que tem registrado melhora nos indicadores. "A situação crítica se dirigiu para o Vale Histórico", pontua uma fonte ouvida pela Gazeta de Bananal.

A distribuição é técnica e feita para locais com maior demanda de internações por COVID-19 e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde. Para enfrentamento à pandemia, o estado de São Paulo dobrou o número de leitos de terapia intensiva no SUS, ultrapassando 8,1 mil leitos do tipo.

Outras regiões

“Nós estamos distribuindo mais 100 novos respiradores para todo o interior, chegando a 13 regiões do estado. Um montante significativo que pode elevar a capacidade hospitalar de São Paulo a níveis muito contundentes ao longo deste processo de pandemia e atender toda a população paulista,” anunciou, em coletiva, o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Na capital, serão destinado 30 equipamentos, distribuídos em diversos serviços: Instituto de Infectologia Emílio Ribas (1), Conjunto Hospitalar do Mandaqui (4), Hospital Geral de São Mateus (3), para o Hospital Geral de Guaianases (3), Hospital Geral de Taipas (2), Hospital Geral de Vila Penteado (3), Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha (2), Hospital Ipiranga (4), Hospital de Heliópolis (4) e Hospital Regional Sul (4).

Ainda na Grande São Paulo, serão enviados mais oito ventiladores, sendo 2 para o Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos, 3 para o Hospital Ferraz de Vasconcelos e 3 para o Hospital Regional de Osasco.

Já a região da Baixada Santista receberá três respiradores direcionados ao Hospital Guilherme Álvaro, localizado no município de Santos. A Santa Casa de Misericórdia de Mogi Mirim, na região de São João da Boa Vista, receberá 4 equipamentos, e um vai para o Hospital Fornecedores de Cana, na região de Piracicaba.

Na região de Ribeirão Preto serão destinados 3 equipamentos para o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão. À região de Franca, serão enviados 3 respiradores ao Pronto Socorro de Miguelópolis, em Miguelópolis.

Na região de Barretos serão destinados 3 respiradores para a Santa Casa de Colina, na cidade homônima. Já para a região de São José do Rio Preto serão destinados seis respiradores, sendo 1 para o Centro de Saúde Novais, 1 para a Santa Casa de Ibirá, 1 para o Centro de Saúde Bálsamo, 2 para a UPA de Jales e 1 para a Santa Casa de Populina, em seus respectivos municípios.

Mais 3 ventiladores vão para a Santa Casa de Piedade, na região de Sorocaba. Também no interior, a região de Bauru contará com reforço de 5 respiradores: 3 para a Pronto Socorro de Pirajuí e 2 para o Hospital Geral Prefeito Miguel Martin Gualda de Promissão. Outros 3 vão para o Hospital Regional de Assis, na região de Marília.

O Hospital Estadual de Mirandópolis, na região de Araçatuba, receberá 2 respiradores. E, para a região de Presidente Prudente serão 11 equipamentos, todos direcionados à Santa Casa de Presidente Epitácio.

Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.