Situação crítica da Prefeitura pode cancelar Carnaval na cidade.

  A situação crítica encontrada na Prefeitura de Bananal pela nova administração pode resultar no cancelamento do Carnaval no município.

  A herança deixada pelo ex-prefeito David Morais (2009-2012) beira a ingovernabilidade. Os desmandos administrativos vão desde computadores formatados, com memórias apagadas, a retiradas indevidas para pagamento de seus ocupantes em cargos de confiança. Já foram constatados desvios de recursos de convênios e de programas da Prefeitura. A série de irregularidades será relacionada pelo blog no transcorrer desta semana. 

O caos encontrado obrigou a decretação de estado de emergência financeira e administrativa apenas dois dias após o novo governo tomar posse.

  A aliados politicos a Prefeita Mirian Bruno afirmou que a prioridade agora é garantir o pagamento da folha dos servidores municipais. Enquanto não colocar em dia os salários dos servidores nenhuma despesa será contraída.

  David Morais saiu sem deixar dinheiro em caixa nos cofres municipais para fazer o pagamento referente ao mês de dezembro. Com isso, obrigou a Prefeita a correr contra o tempo para conseguir os recursos até o 5° dia útil do mês, ou seja, até a próxima terça-feira, dia 08 de janeiro.

  Como o Carnaval deste ano começa em 08 de fevereiro, além de ter apenas 38 dias para organizar a festa a Prefeita já teria mais uma folha salarial para quitar.

  Trocando em miúdos, o novo governo começa com o desafio de conseguir, em menos de 40 dias, honrar o pagamento de duas folhas salariais e organizar a festa que mais atrai turistas e gera receita ao comércio do município. E isso sem mencionar as despesas correntes da Prefeitura e a manutenção dos serviços essenciais.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Nogueira

RICARDO LUÍS REIS NOGUEIRA, jornalista (Mtb. 32.204 RJ), foi um dos fundadores do jornal, atuando como Diretor Executivo e Redator Chefe desde 1987. Atualmente, é o Editor Responsável da Gazeta de Bananal e coordena o projeto do portal eletrônico do jornal na internet.